F1

Speed trap: confira velocidades máximas de cada piloto durante GP do Brasil, 20ª etapa da F1 2018

Daniel Ricciardo aferiu 337,2 km/h como maior velocidade final deste domingo (11) em Interlagos. Em contrapartida, Pierre Gasly não teve a melhor performance e registrou máxima de 307 km/h no fim da reta dos boxes de Interlagos
Warm Up, de São Paulo / FERNANDO SILVA, de Interlagos
 Daniel Ricciardo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Coube a Daniel Ricciardo a maior velocidade final do GP do Brasil, 20ª e penúltima etapa da temporada 2018 da F1, neste domingo (11). O australiano, que conta com motor Renault empurrando seu Red Bull, aferiu 337,2 km/h no fim da reta dos boxes de Interlagos. A marca foi ligeiramente mais veloz que a registrada por Carlos Sainz, da Renault, com 336,6 km/h.
 
Chama a atenção que Stoffel Vandoorne aferiu a quarta maior velocidade máxima do domingo: 332,2 km/h, o que indica a força do motor Renault, mesmo considerando que o belga da McLaren não encontrou a performance ideal em todo o fim de semana, lutando com Fernando Alonso e a dupla da Williams — formada por Sergey Sirotkin e Lance Stroll — pela ‘primazia’ de pior equipe da corrida.
Daniel Ricciardo (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Protagonista da grande polêmica deste domingo, Esteban Ocon marcou 334,7 km/h de velocidade final com sua Force India empurrada por motor Mercedes. Kimi Räikkönen, com a Ferrari, registrou 330,9 km/h, pouco mais veloz que Max Verstappen, com 330,3 km/h, e Sebastian Vettel, com 329,1 km/h.
 
Fecharam o top-10 da lista Sergio Pérez, com a outra Force India alcançando 327,7 km/h, Kevin Magnussen, com a Haas empurrada por motor Ferrari, com 324,7 km/h, e Valtteri Bottas, dono também da melhor volta da corrida em Interlagos.
 
Em contrapartida, Lewis Hamilton, o grande vencedor do GP do Brasil, ficou bem atrás na lista do speed trap. O pentacampeão do mundo cravou 313 km/h. Pierre Gasly ficou na rabeira da relação das maiores velocidades finais da corrida e registrou somente 307 km/h com seu Toro Rosso empurrado por motor Honda. Um pouco mais acima, em 16º, Brendon Hartley marcou 315,7 km/h.
 
O GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.

F1 2018, GP do Brasil, speed trap:

1 D RICCIARDO 337,2
2 C SAINZ JR 336,6
3 E OCON 334,7
4 S VANDOORNE 333,2
5 K RÄIKKÖNEN 330,9
6 M VERSTAPPEN 330,3
7 S VETTEL 329,1
8 S PÉREZ 327,7
9 K MAGNUSSEN 324,7
10 V BOTTAS 323,2
11 F ALONSO 322,3
12 C LECLERC 319,7
13 N HÜLKENBERG 317,0
14 L STROLL 316,6
15 R GROSJEAN 316,1
16 B HARTLEY 315,7
17 S SIROTKIN 315,0
18 L HAMILTON 313,0
19 M ERICSSON 312,1
20 P GASLY 307,0