F1

Speed trap: confira velocidades máximas de cada piloto no GP da Austrália, primeira etapa da F1 2019

O motor Honda, além de voltar ao pódio da F1 após uma década, mostrou belos números em termos de velocidades máximas. Pierre Gasly e Max Verstappen, ambos da Red Bull, foram os melhores no ponto de aferição

Grande Prêmio / Redação GP, de Berlim
Pierre Gasly aproveitou o domingo (17) para dar provas concretas de que velocidade pura não é tudo na Fórmula 1. O francês, que cruzou a linha de chegada em 11º na estreia pela Red Bull, foi responsável pela maior velocidade registrada no GP da Austrália, em Melbourne.
 
O francês chegou a 321,9 km/h, sendo o único a superar a marca de 320 km/h durante a corrida. Mesmo assim, Gasly não conseguiu superar Daniil Kvyat na briga pelo décimo lugar, o último na zona de pontos.
Pierre Gasly se destacou em termos de velocidade máxima (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Max Verstappen, companheiro de Gasly, foi segundo no quesito com 319,9 km/h. Os números dos dois afirmam a força do motor Honda, que voltou ao pódio da F1 após uma década. Lance Stroll, Kvyat e Sergio Pérez completaram o top-5 do speed trap.
 
Valtteri Bottas, que em momento algum precisou usar DRS para lutar por posição, não conseguiu se destacar. O vencedor de Melbourne teve apenas a 11ª melhor velocidade máxima, sendo mais de 10 km/h pior do que Gasly no ponto de aferição.

Confira as velocidades máximas de cada piloto no GP da Austrália:

1 P GASLY 321,9
2 M VERSTAPPEN 319,9
3 L STROLL 319,8
4 D KVYAT 319,8
5 S PÉREZ 318,4
6 N HÜLKENBERG 318,0
7 K RÄIKKÖNEN 314,6
8 L NORRIS 313,5
9 A ALBON 312,6
10 C SAINZ JR 312,5
11 V BOTTAS 311,3
12 R GROSJEAN 310,2
13 G RUSSELL 309,8
14 L HAMILTON 309,3
15 R KUBICA 308,3
16 D RICCIARDO 307,4
17 S VETTEL 303,7
18 A GIOVINAZZI 299,9
19 C LECLERC 297,4
20 K MAGNUSSEN 291,8