F1

Stevens recebe aviso de que está fora, e Manor deve anunciar Haryanto nos próximos dias, diz jornal

De acordo com as informações do jornal inglês 'The Telegraph', Will Stevens já foi avisado que não tem mais chances de ganhar um lugar na Manor em 2016. Segundo a publicação, a equipe está próxima de anunciar Haryanto como o segundo membro da dupla ao lado de Pascal Wehrlein
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Will Stevens, da Manor (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

A última vaga de titular no grid da F1 para a temporada 2016 parece em vias de ser definida oficialmente. Pelo menos um dos pilotos que esperava ainda angariar a segunda vaga da Manor, Will Stevens, está fora da disputa pelo cockpit. Mais que isso: Rio Haryanto está acertado.
 
A informação é do jornal inglês 'The Telegraph'. Segundo a publicação, a Manor deve anunciar Haryanto nos próximos dias, após Stevens já ter sido avisado que não terá chance de fazer sua segunda jornada num dos carros do time inglês.
 
Um dos pilotos da Manor para o ano é Pascal Wehrlein, pupilo da Mercedes e atual campeão do DTM. Quanto ao outro, sempre se soube que seria um dos três entre Stevens, Haryanto e Alexander Rossi - com Roberto Merhi fora da briga. Chegou-se a falar inclusive num rodízio dos três no segundo carro.
Rio Haryanto é o próximo da fila (Foto: GP2)
O jornal fala que Haryanto vai levar "no mínimo" o equivalente a R$ 57 milhões para os cofres da Manor - que sabidamente pediu cerca de R$ 66 milhões. Haryanto pode ser o primeiro piloto da Indonésia na F1 e tem o apoio do governo federal do país, bem como da petrolífera estatal Pertamina.
 
Os antigos chefões da Manor, Graeme Lowdon e John Booth, acreditavam em Will, mas com os dois fora da equipe depois de desentendimentos com o dono do time, Stephen Fitzpatrick, o inglês jamais teve capacidades financeiras para chegar próximo ao que Haryanto pode oferecer.
 
Segundo o jornal, Stevens deve procurar espaço no automobilismo dos Estados Unidos - embora não saiba ainda se isso quer dizer Indy ou algo fora dos monopostos.
 
De motores Mercedes e comandada por Dave Ryan, a Manor começa a pré-temporada 2016 seguida por grande curiosidade sobre o que pode fazer para sair da condição de nanica do grid.
 
VEJA A EDIÇÃO #15 DO PADDOCK GP, COM LUCAS DI GRASSI