Stroll larga do pit-lane após troca da asa dianteira danificada na classificação na Hungria

Lance Stroll perdeu mais do que apenas tempo no Q2, quando passou por uma zebra e foi parar na barreira, neste sábado. Com a asa dianteira quebrada, o piloto foi obrigado a colocar uma peça diferente em substituição e largará dos boxes em Budapeste

Lance Stroll vai largar do pit-lane no GP da Hungria deste domingo (29). O piloto bateu durante a sessão de treinos classificatórios e quebrou a asa dianteira do FW41. Sem peça idêntica de reposição, a Williams teve que usar uma asa com um design diferente do usado no modelo levado à Budapeste neste fim de semana. Como punição, o canadense começa a prova dos boxes.
 
Stroll chegou ao Q2 na classificação debaixo de chuva, mas não conseguiu manter o carro no traçado por muito tempo. O canadense perdeu a traseira do carro depois de passar pelas zebras na saída da curva 9, rodou e atingiu a barreira de proteção com a parte da frente do carro. O contato quebrou, sem chance de reparos, a asa dianteira.
Lance Stroll danificou a asa dianteira durante a classificação do GP da Hungria (Foto: F1)
A questão é que a Williams não tem um novo modelo igual para substituir no carro de Stroll. A atualização da asa dianteira foi introduzida da Alemanha e possui um design aerodinâmico diferente. Assim, a troca consiste em uma nova configuração de asa, que, mesmo não sendo intencional, não é permitido em regime de parque fechado. As equipes não podem mexer nos seus carros entre a classificação e a corrida.
 
O diretor-técnico da Williams, Paddy Lowe, descartou a possibilidade de utilizar a asa dianteira atualizada de Sergey Sirotkin para substituir no carro de Stroll.
 
O canadense afirmou que, durante a classificação, sentiu dificuldades na pilotagem por conta das condições de chuva, que se agravaram quando foi para a pista.
 
"Eu estava em uma boa volta até então e, em uma parte do circuito onde estava chovendo, escapei. Passei um pouco pelas zebras, a traseira me fez rodar e fiz contato com a barreira. [Nessa situação] alguém vai ser pego, isso pode acontecer", declarou Stroll. 
 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube