Stroll relata desgaste anormal de pneus e vê 9º lugar “muito frustrante” após liderar

De fato, um dia extremamente frustrante para Lance Stroll. Após largar na pole em Istambul e liderar bom trecho da corrida, terminou num distante nono lugar

Em determinado momento, após pedaço representativo do GP da Turquia deste domingo (15) em que Lance Stroll largou na pole, que o canadense mostrava capacidade de controlar a corrida e liderava com vantagem interessante. As coisas degringolaram rapidamente, porém, e Stroll terminou em nono e decepcionado pelo desenrolar frustrante do evento.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Stroll foi para a segunda parada nos boxes liderando a corrida, mas voltou mergulhando de qualquer jeito para cima de Vettel, que se defendeu. A sequência de situações fez com que Lance perdesse uma série de posições. E aí? Os pneus se esgotaram rapidamente, deixando o canadense à deriva.

F1; FÓRMULA 1; RACING POINT; GP DA TURQUIA; LANCE STROLL; SERGIO PÉREZ;
É isso mesmo: Racing Point em primeiro e segundo no início do GP da Turquia (Foto: Racing Point)

“Não sei o que aconteceu, não entendo. Tivemos muito desgaste com o primeiro jogo de intermediários. Estávamos perdendo alguns segundos por volta. Não sei de onde veio isso, aconteceu instantaneamente. Era novo, mas ja estava desgastado. Precisamos olhar isso”, fechou.

“É muito frustrante liderar por 10s e terminar em nono. Precisamos avaliar o motivo do desgaste dos pneus ter sido tão alto, mais no meu carro que no outro”, fechou.

O Mundial de Fórmula 1 continua em duas semanas, nos dias 27-29 de novembro, no GP do Bahrein.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube