Sutil diz que ano sabático lhe fez bem e prevê desempenho ainda melhor após retorno à F1 na Austrália

Ainda surpreso com o grande ritmo de corrida exibido durante o GP da Austrália, Adrian Sutil disse que pode fazer muito mais. O alemão também falou que ter ficado um ano longe da F1 foi bastante proveitoso: “Vivi uma vida normal”

Grande nome do GP da Austrália ao lado de Kimi Räikkönen, Adrian Sutil ainda colhe os frutos do bom desempenho em Melbourne, quando foi o segundo piloto que mais liderou a corrida do último domingo (17), com 11 giros, e terminou na sétima colocação depois de ter ficado um ano fora da F1. Sutil recebeu com certa surpresa com seu desempenho em Albert Park, mas garantiu que é só o começo e que pode fazer muito mais: “Só provei um pouco disso”, garantiu.

Sutil também falou sobre o período em que ficou de fora da F1. Adrian, hoje com 30 anos, foi sacado pela Force India no fim da temporada 2011, dias depois de ter garantido sua melhor colocação no Mundial de Pilotos, quando terminou o campeonato daquele ano em nono. O germânico deu lugar ao compatriota Nico Hülkenberg. E, para piorar as coisas, ainda enfrentou um duro processo na corte de Munique por conta de uma agressão a Eric Lux em Xangai. Sutil foi condenado a 18 meses de prisão, mas teve a punição revertida para multa e pôde voltar ao esporte.

Depois de um ano sabático, Sutil está de volta à F1 (Foto: Force India)

Neste período, Adrian, alemão de ascendência uruguaia, disse que aprendeu muito e que esse tempo longe das pistas o tornou mais forte em todos os sentidos. “Acho que a minha vantagem é que fiquei um pouco afastado e vivi uma vida normal”, disse Sutil durante entrevista ao site da revista britânica ‘Autosport’. “É um esporte tão estressante às vezes, então você não tem tanto tempo para aprender”, comentou o piloto antes do embarque para a Malásia, onde será disputado o segundo GP da temporada 2013, no domingo.

“Acredito que aprendi um pouco mais. Consegui voltar a um bom nível e agora consigo acelerar um pouco mais”, afirmou o sétimo lugar do GP da Austrália, confiante em ter um desempenho ainda melhor nas próximas corridas.

Sutil disse que ficou bastante surpreso com a performance em Albert Park, principalmente porque foi sua primeira corrida pós-retorno à F1. “Normalmente, você espera que isso leve um pouco de tempo. Talvez algumas corridas”, falou, antes de garantir que o melhor Adrian Sutil ainda está por vir. “Acredito que eu ainda posso melhorar”.

Por fim, o piloto ainda comentou um pouco do seu fim de semana em Melbourne, onde teve de guiar no seco e no molhado. “Aqui, na chuva, não estava me sentindo muito confortável, e, nessas condições, você precisa estar bem com o carro. No seco, foi muito fácil me adaptar a ele. Então há mais pela frente. Só provei um pouco disso.”, encerrou Adrian.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube