Terceiro, Vettel lamenta velocidade das Mercedes na Áustria: “Pensei que talvez pudéssemos conversar”

Sebastian Vettel acreditava em uma possível briga pela pole, mas sua Ferrari não conseguiu competir em nível de igualdade com as Mercedes. O alemão virou um espectador da pole de Lewis Hamilton, mas acredita numa mudança para a corrida: “Podemos ficar mais perto”

Quem viu os treinos livres para o GP da Áustria poderia criar esperanças de ver Sebastian Vettel conquistando a pole, no treino classificatório desta sábado (20).
 
Mas, na hora da verdade, não foi o que se viu: as duas Mercedes ocuparam a primeira fila, com Lewis Hamilton em primeiro. Para Vettel, sobrou apenas o terceiro lugar.
Sebastian Vettel não foi capaz de acabar com a festa da Mercedes (Foto: AP)
Incomodado com a superioridade da Mercedes, Vettel lamentou a terceira posição, apesar dos esforços da Ferrari.
 
“Pensei que talvez pudéssemos conversar, mas eles estavam um pouco rápidos demais. Tentamos de tudo. Na última parte da classificação, os carros da Mercedes parecem conseguiram melhorar a performance”, contou.
 
Todavia, a Mercedes não parece ser o único problema do tetracampeão. As Williams se recuperaram de desempenhos fracos nos treinos livres para conquistar a quarta e a quinta posição.
 
“As Williams ficaram bem mais perto do que nos treinos. Temos muito trabalho para fazer ainda, na corrida podemos ficar mais perto. Temos um bom carro”, opinou.
 
O GP da Áustria, que terá Lewis Hamilton na pole, será disputado neste domingo (21), às 9h (horário de Brasília).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube