Treino de classificação na Austrália não vai ter transmissão ao vivo na TV brasileira na noite de sábado

A mudança do Q2 e do Q3 para as 21h deste sábado no horário brasileiro pegou as TVs brasileiras de surpresa, que já têm eventos ao vivo programados em suas grades

Temporal impediu a continuação da classificação do GP da Austrália neste sábado (Foto: Getty Images)

O adiamento do treino classificatório por conta da chuva torrencial que atingiu Melbourne neste sábado (16) modificou a programação do fim de semana da F1, mas não vai provocar a mesma situação nas TVs brasileiras que detêm os direitos de transmissão da categoria.

Tanto Globo quanto SporTV já têm suas grades fechadas para o horário em que foi marcado o Q2 e o Q3 da F1, 21h (de Brasília). Sabidamente neste horário, a emissora carioca exibe em TV aberta seu principal telejornal, o 'Jornal Nacional', e na sequência a novela 'Salve Jorge' e sua história turco-brasileira. Os canais por assinatura, três no total, já tem eventos ao vivo fechados.

O SporTV vai passar o Campeonato Gaúcho de Futebol e a Superliga Masculina de vôlei. O SporTV2 apresenta em sua grade o torneio de tênis de Indian Wells, que está em suas semifinais, e as finais do mundial feminino de patinação artística. O SporTV3 vêm também com semifinais, mas do circuito brasileiro de vôlei de praia, tanto masculino quanto feminino.

O GP da Austrália está garantido na Globo a partir de 2h40. O Grande Prêmio acompanha ao vivo e em tempo real a definição do grid de largada a partir de 20h45. Fique ligado e clique aqui.
 

 As imagens deste sábado em Melbourne
 A volta virtual em Melbourne, narrada por Alonso
 Especial F1 2013, a temporada que vem com rótulo de imprevisível

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube