Troca de motores inicia festival de punições e afeta Sainz, duplas da McLaren e da Red Bull em Monza

A onda de punições por conta da troca de motores não para. Dessa vez, no GP da Itália, cinco pilotos foram as vítimas. As duplas da McLaren e Red Bull, e Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, ultrapassaram o limite de propulsores da temporada e perderão posições no grid de largada italiano

O festival de punições por conta da troca de motores não tem fim, e para o GP da Itália mais cinco pilotos tornaram-se vítimas da mudança de propulsores. Para a etapa italiana, a dupla da McLaren, da Red Bull e Carlos Sainz Jr, da Toro Rosso, perderão posições.

De todos os punidos, Daniel Ricciardo é quem mais cairá no grid. O australiano cairá 25 colocações, isso pois está usando seu sexto motor e quinto turbo, MGU-H e MGU-K. Já seu companheiro perderá 15 postos, por usar o sexto propulsor e o quinto turbo.

Ricciardo é quem mais perderá posições na Itália (Foto: AP)
Fernando Alonso perderá dez posições pelo nono propulsor, enquanto seu colega britânico Jenson Button irá cair cinco colocações no grid de largada. Por fim, o espanhol da equipe satélite da Red Bull perderá dez postos pelo quinto motor do ano.

Nos treinos desta sexta-feira (4), Lewis Hamilton mais uma vez não deu abertura para seus adversários, e até mesmo para o companheiro de MercedesNa parte da manhã, o inglês colocou quase 0s5 em Nico Rosberg. Na segunda sessão do dia, no entanto, o alemão se aproximou do atual campeão, ficando apenas 0s021 atrás do ponteiro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube