F1

Último colocado na F3 Europeia, Mazepin ganha chance e testa pela Force India em Silverstone na próxima semana

Aos 17 anos, o jovem Nikita Mazepin, piloto de desenvolvimento da Force India, vai ter sua primeira chance de guiar o VJM09 durante os testes em Silverstone, entre terça e quarta-feira da semana que vem. Na F3 Europeia, onde compete em 2016, o russo é apenas o último colocado no campeonato e ainda foi excluído de uma corrida
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Sergio Pérez durante o segundo treino livre no Red Bull Ring, na Áustria (Foto:Force India)

Mesmo em uma boa quinta colocação no Mundial de Construtores e cada vez mais em evidência pelo bom trabalho que vem feito nas últimas temporadas, a Force India recorre a um expediente costumeiro na F1 para arrecadar dinheiro e seguir competitiva. Depois de contar com o inexpressivo mexicano Alfonso Celis Jr. nos testes de pré-temporada e também no primeiro treino livre dos GPs de Bahrein, Rússia e Áustria, a equipe de Silverstone dará uma chance ao jovem Nikita Mazepin, de 17 anos, de guiar o VJM09. Na semana que vem, o russo vai guiar o VJM09 em uma sessão de testes que a F1 vai promover em Silverstone, entre terça e quarta-feira (12 e 13 de julho).
 
Mas o cartel de Mazepin, piloto de desenvolvimento da Force India desde fevereiro, é tão inexpressivo quanto o de Celis. Seu único grande feito no esporte até agora foi o vice-campeonato no Mundial de Kart em 2014, ocorrido na França. Mas em sua jornada nos monopostos, Nikita esteve longe de brilhar. Neste ano, na F3 Europeia, categoria de base na qual também competem os brasileiros Pedro Piquet e Sergio Sette Câmara, o russo é o último colocado e somou apenas um ponto. 
Mazepin vai ter sua primeira chance na F1 ao pilotar pela Force India em Silverstone (Foto: Force India/Twitter)
O piloto também foi punido com exclusão da corrida 1 da etapa de Hungaroring por ter sido considerado culpado por um acidente que envolveu Callum Ilott.
 
Mazepin comemorou a chance de guiar pela primeira vez um carro de F1. “Sou muito grato com a chance de testar o VJM09 em Silverstone. Não há dúvidas de que este é o grande momento na minha carreira e algo em que venho trabalhando por toda a minha vida”, destacou.
 
“Só passaram alguns meses desde que me uni à equipe e eu me sinto preparado para esta oportunidade. Sei que os testes são importantes para a equipe e que eles esperam que eu faça um bom trabalho, por isso vou trabalhar duro para garantir que possa cumprir com suas expectativas”, declarou o jovem.
 
Vijay Mallya, dono da Force India, fez questão de elogiar o pupilo russo e demonstrou confiança em vê-lo fazer um bom trabalho na Inglaterra.
 
“Só fazem alguns meses desde que o anunciamos como piloto de testes. Nikita mostrou um grande nível de entendimento da parte técnica, que vai de encontro às suas qualidades em pilotagem. Seu progresso no simulador tem sido excelente, e estar no carro durante os testes é o passo a seguir em sua evolução natural com a equipe”, comentou o empresário indiano.

 
“Estamos muito ansiosos em trabalhar com ele em Silverstone”, completou o dono da equipe quinta colocada na temporada 2016.
PADDOCK GP #35 DEBATE MOTOGP, STOCK CAR E FAZ PRÉVIA DA F1 E FINAL DA F-E