Último piloto a não defender título da F1, Prost avalia aposentadoria de Rosberg como “decisão corajosa”

Alain Prost, o último piloto a deixar a F1 sem defender o título conquistado no ano anterior, avaliou como uma decisão de coragem a aposentadoria de Nico Rosberg. Especialmente levando em conta que o alemão quer passar mais tempo com a família

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Nico Rosberg chocou o mundo do automobilismo na última sexta-feira (2) ao anunciar, apenas cinco dias depois de se tornar campeão mundial. que estava se aposentando. O último piloto a não defender um título mundial no ano após conquistá-lo, Alain Prost, se mostrou intrigado e avaliou a decisão de Rosberg como "corajosa".

 
O tetracampeão mundial deixou a F1 ao final de 1993, logo após ser campeão pela Williams, e não voltou ao cockpit no ano seguinte – e nem depois. Analisando o que fez Rosberg 23 anos depois, colocou sua experiência pessoal em fazer algo assim, mas destacou que para sempre ele será lembrado como o campeão que foi embora e deixou o mundo imaginando o que o futuro reservava para o piloto em seu auge.
 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
"Quando eu ouvi a notícia, achei que era uma boa, uma forma legal de sair é sendo campeão mundial", disse à emissora de TV francesa Canal+. "Conheço a sensação, mas não é uma decisão fácil. Algumas pessoas perguntam o motivo dele sair em seu auge e outros interpretarão como falta de ambição. Agora que Nico é campeão mundial, talvez ele não tenha o mesmo desejo. Todo mundo tem sua opinião", seguiu.

Alain Prost, como Nico Rosberg, saiu da F1 em 1993 sem defender o título (Foto: Forix)
"Pessoalmente eu acredito que seja uma decisão corajosa. Dá mais valor a esse título quando olharmos no futuro. Ele vai continuar por anos e anos como o campeão mundial que deixou o esporte depois de ser campeão em vez de continuar e potencialmente ser derrotado. Ninguém vai saber o que aconteceria para Nico se ele tivesse ficado", avaliou. 
 
"Qualquer que seja a opinião, precisamos respeitar a decisão de alguém que quer ser mais devoto à família e aproveitar a vida longe do automobilismo", encerrou.
 
Além de Rosberg e Prost, Nigel Mansell, Jackie Stewart e Mike Hawthorn, respectivamente após as conquistas de 1992, 1973 e 1958, não defenderam o título conquistado no ano anterior.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube