Bottas destaca equilíbrio nos primeiros treinos na Holanda: “Vai ser bem apertado”

Valtteri Bottas terminou o primeiro dia de treinos em Zandvoort na quarta posição, mas gostou do circuito holandês que volta para a F1 depois de 36 anos. E o piloto da Mercedes ainda viu muito equilíbrio na tabela de tempos

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Vettel precisou ser bombeiro durante o TL1 e se irritou com os problemas (Vídeo: Reprodução/F1 TV)

Valtteri Bottas ainda não está com o futuro definido na Fórmula 1. Mesmo assim, não se desesperou dentro da pista e conseguiu o quarto melhor tempo no primeiro dia de atividades para o GP da Holanda, atrás da dupla da Ferrari e de Esteban Ocon, mas na frente de Max Verstappen.

Em um dia complicado, com três bandeiras vermelhas em apenas dois treinos livres, Bottas liderou uma parte da segunda sessão, mas acabou superado por outros rivais e viu Charles Leclerc terminar a sexta-feira na primeira posição em Zandvoort.

Valtteri Bottas destacou a proximidade entre os pilotos no TL2 (Foto: Mercedes)
Felipe Giaffone é o convidado especial do Paddockast #119, que discute: o que mudar para evitar uma não-corrida? Ouça!

“Espero que seja divertido para assistir porque definitivamente é divertido para guiar. É uma pista com muitas variações”, disse o finlandês.

“Vimos hoje que as diferenças entre as equipe serão pequenas. Vai ser bem apertado. Ainda precisamos testar o carro com pouco combustível e então focar nas longas sequências para entender o desgaste dos pneus”, completou.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado em Zandvoort para um dia bastante cheio. Às 7h (de Brasília, GMT-3), o circuito será palco do treino livre 3, enquanto a classificação acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar