Bottas vê Alonso como exemplo e se diz “feliz” em esperar por Audi: “Tenho muitos anos”

Sem pensar em aposentadoria, Valtteri Bottas destacou Fernando Alonso e disse que ficaria feliz em esperar pela Audi, se isso significar o retorno ao pódio da Fórmula 1

Valtteri Bottas não está pensando em aposentadoria na Fórmula 1. Ao comentar a chegada da Audi à categoria em 2026, o finlandês, atualmente na Alfa Romeo — que deixará a parceria com a Sauber no ano que vem —, usou o desempenho de Fernando Alonso na temporada 2023 para argumentar que é possível estender a carreira por mais tempo. Segundo ele, porém, é necessário mostrar resultados.

“Se você olhar para Fernando [Alonso], vê um bom exemplo do que pode fazer em termos de performance”, disse Bottas ao site australiano Speedcafe. “Ainda tenho muitos anos. É claro, nesse esporte, você sempre precisa se provar com resultados”, destacou.

Relacionadas


“E isso também é uma motivação para mim agora”, declarou o finlandês. “Tentar e ter bons resultados, maximizar tudo em todos os finais de semana e trabalhar duro com a equipe fora das pistas”, ressaltou.

Por outro lado, Bottas reconheceu que Alonso pode não ser exatamente um exemplo possível de ser seguido — e sim, uma exceção. Ainda assim, o finlandês afirmou que a forma do espanhol aos 42 anos serve como inspiração para seu próprio trabalho.

Com uma Alfa Romeo deficiente, Bottas tem 6 pontos em 14 corridas disputadas na F1 2023 AFP)

▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Talvez, ele [Alonso] seja uma exceção”, admitiu. “Isso não foi feito muitas vezes no esporte, você conseguir ser competitivo com essa idade. Mas cada pessoa é diferente, cada piloto é diferente. Como disse, ele pode ser uma exceção, mas ainda é bastante motivador ver isso. Definitivamente, é um exemplo”, elogiou Bottas, que descartou qualquer queda de rendimento aos 34 anos.

“Definitivamente, sinto que ainda não estou em queda”, analisou. “Neste esporte, uma vez que você chega no estágio de ter muita experiência, isso também pode ser atrativo para muitas equipes em certas situações”, comentou.

Sobre o retorno aos pódios, tão comuns nos tempos de Mercedes, Valtteri admitiu que ficaria “feliz” em esperar pela chegada da Audi, se isso significar um retorno às primeiras posições da categoria.

Alonso já somou 170 pontos e subiu a sete pódios em 2023 (Foto: AFP)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ainda segundo ele, as mudanças estruturais da equipe já foram postas em prática pelo CEO Andreas Seidl, mas os efeitos práticos na pista só serão vistos daqui a alguns anos.

“Tivemos algumas mudanças estruturais”, afirmou Bottas. “Levou algum tempo para Andreas [Seidl] descobrir o que o time realmente precisava, como serão as coisas a longo prazo. Agora, ele começou a botar o plano em prática. Obviamente, os resultados de todas essas mudanças vão aparecer. Talvez não no ano que vem, mas em dois, três, ou quatro anos”, avaliou.

“Sim e não [sobre ser paciente]”, reconheceu o piloto da Alfa Romeo. “Sobre certas coisas, sim. Esperar até 2026 para voltar ao pódio? Sim, ficaria feliz em esperar por isso”, finalizou.

Fórmula 1 retorna nos dias 15, 16 e 17 de setembro, com o GP de Singapura, 15ª etapa da temporada 2023.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.