Van der Garde lamenta ficar de fora de quatro treinos livres às sextas-feiras, mas diz: “Está no contrato”

Giedo van der Garde terá de ficar quatro sessões de treinos livres às sextas-feiras de fora. Mas será Charles Pic o primeiro a liberar sua vaga. O francês será substituído por Ma Qing-Hua, reserva da Caterham, no primeiro treino do GP da China, em abril


Depois de muito tentar, finalmente Giedo van der Garde teve sua chance na F1. Contando com o polpudo patrocínio do sogro e dono da grife holandesa de roupas McGregor, o piloto assumiu uma vaga de titular na Caterham nesta temporada. Mas nem tudo são flores para o ex-GP2, que viverá o ‘outro lado da moeda’ em 2013. Acostumado, no ano passado, a substituir os titulares Heikki Kovalainen e Vitaly Petrov nos primeiros treinos às sextas-feiras, o holandês vai perder quatro sessões nesta temporada.

Van der Garde lamentou a situação porque vê nas primeiras sessões do fim de semana a melhor chance para acumular quilometragem, mas se mostrou conformado: “Isso está no contrato”. Ao longo dessas atividades, Giedo será substituído por um dos reservas da escuderia malaia: Alexander Rossi ou Ma Qing-Hua.
Van der Garde vai perder quatro treinos livres às sextas-feiras com a Caterham (Foto: Caterham/ Charles Coates/ LAT Photographic)

Qing-Hua, aliás, será o primeiro dos reservas a fazer parte de um treino oficial nesta temporada. Contudo, o chinês vai correr em casa, em Xangai, no lugar de Charles Pic. Van der Garde vai ceder seu cockpit para um dos reservas no Bahrein, na semana seguinte ao GP da China, que vai acontecer em 14 de abril.

“Vou perder quatro sessões às sextas-feiras. A primeira delas em que não pilotarei será no Bahrein”, afirmou o piloto em entrevista ao site ‘GP Update’. “Preferiria fazer parte dessas sessões e estar o máximo de tempo possível na pista, mas isso está no contrato e estou certo de que será uma boa experiência para os meninos”, disse o piloto, mais conformado.

O holandês lembrou que a oportunidade, embora relativamente curta, de apenas 90 minutos, é bastante útil. “Tive o mesmo papel com a equipe no ano passado e, devido ao trabalho que fiz, conquistei a vaga”, recordou Van der Garde.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube