Vandoorne descarta chance de repetir Hamilton de 2007 na McLaren e diz: “Não espero nada da minha relação com Alonso”

Stoffel Vandoorne afastou qualquer possibilidade de viver com Fernando Alonso o mesmo roteiro de 2007, quando o espanhol enfrentou o então novato Lewis Hamilton na McLaren. O belga disse ter estilo próprio e se vê preparado para o desafio de correr uma temporada inteira na F1

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Fernando Alonso assegurou recentemente que não vai enfrentar com Stoffel Vandoorne os mesmos problemas que teve com Lewis Hamilton, quando dividiu a McLaren com o então estreante inglês em 2007. Ambos viveram uma enorme rivalidade que acabou provocando a saída do espanhol da equipe ao fim daquela temporada. Agora, em 2017, Alonso vive a expectativa de partilhar o time de Woking com um novato novamente. E esse novato entende também que a convivência com o bicampeão será diferente, mas disse que não espera um relacionamento de amizade com o veterano.

 
Reserva da McLaren em 2016, Vandoorne foi chamado para substituir o espanhol no GP do Bahrein e foi o responsável pelo primeiro ponto conquistado pela esquadra na temporada. Agora, o jovem belga assumiu o posto de titular, depois de atravessar o ano observando o trabalho de Alonso e também de Jenson Button, a quem substitui. 
Fernando Alonso, Stoffel Vandoorne e Jenson Button (Foto: McLaren Honda)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
"Não espero nada da minha relação com Fernando Alonso", disse o piloto de 24 anos em entrevista ao jornal italiano 'La Gazzetta dello Sport'. "Não recebi nenhum conselho de Fernando ou Jenson, mas sempre me mantive a atento e perto deles durante as corridas, observando, tratando de conhecer melhor os dois, ainda que tenha o meu próprio estilo", completou.

 
Vandoorne também deixou claro que do outro lado da garagem está um rival e não um tutor. E questionado se poderia haver uma repetição do que aconteceu com Hamilton em 2007, Stoffel foi categórico: "Não quero ser Hamilton, quero ser Vandoorne."
 
Por fim, o belga rechaçou qualquer comparação com Max Verstappen. "Chegamos à F1 por caminhos diferentes. Eu comecei mais tarde, com pouco dinheiro e sem saber muito bem onde correr. Max foi muito mais rápido. Ainda me falta experiência em corrida, mas estou mais preparado", encerrou.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube