F1
15/04/2018 05:57

Verstappen assume culpa por batida em Vettel na China. E leva ‘carcada’ da Red Bull: “Ele precisa se controlar”

Max Verstappen errou e sabe disso. O holandês admitiu que passou da conta ao tentar ultrapassar Sebastian Vettel e bater na Ferrari do alemão. Pior ainda foi a dura que levou de Helmut Marko, consultor da Red Bull, ao fim do GP da China
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Verstappen erra e acerta Vettel no hairpin do circuito de Xangai (Foto: Reprodução)

A reviravolta tática proporcionada pelo safety-car causado pelo incidente com os carros da Toro Rosso no GP da China deste domingo (15) levou a Red Bull a chamar seus pilotos para trocar os pneus médios pelos macios e dar o pulo do gato contra Mercedes e Ferrari. Max Verstappen estava à frente de Daniel Ricciardo e, com borracha mais nova e rápida, tinha tudo para vencer. Mas o holandês pagou pelo seu ímpeto, errou ao tentar passar Lewis Hamilton e foi ainda pior quando buscou ganhar a posição de Sebastian Vettel no hairpin: perdeu o ponto da frenagem e bateu na Ferrari do alemão, rodando junto.
 
Max arruinou a corrida de Vettel, que terminou em oitavo lugar e perdeu uma clara chance de vitória em Xangai. De quebra, ainda tomou uma punição de 10s, o que determinou seu quinto lugar na corrida. Um desfecho desastroso de domingo que ainda teve uma conversa em tom ameno com Vettel e uma dura levada pelo número 2 da Red Bull, o consultor Helmut Marko.
Verstappen leva dura de Helmut Marko, consultor da Red Bull, aós o GP da China (Foto: Reprodução)
Em entrevista à emissora britânica Sky Sports, Verstappen assumiu o erro cometido na manobra contra Vettel. “Eu pude vê-lo brigando com os pneus e tentei retardar a freada na entrada da curva. Travei as [rodas] traseiras e bati nele. Foi minha culpa, claro”.
 
“Não é o que você quer e é fácil dizer depois que eu deveria ter esperado. Essa, provavelmente, seria a melhor ideia, mas infelizmente foi isso que aconteceu. Não foi do jeito que eu gostaria, claro, mas isso significa que eu tenho de me acalmar? Acho que não”, declarou.
 

Pouco depois, Verstappen foi visto conversando com Marko. O dirigente austríaco, conhecido por ser pouco condescendente com erros cometidos pelos seus pilotos, se mostrou muito irritado com o erro cometido por Max, ainda que o holandês seja sua grande aposta para levar a Red Bull de volta aos títulos na F1.
 
“Max cometeu um erro. Ele precisa se controlar. Disse a ele que não se exceda. Ele sabe o que perdeu”, bradou o dirigente, bastante irritado com a chance de uma improvável dobradinha ir pelos ares em Xangai.
”O IMPORTANTE NÃO É SÓ LEVAR DINHEIRO”

SETTE CÂMARA TRAÇA F1 COMO META E MIRA CARREIRA SÓLIDA