Verstappen chama Leclerc de “irresponsável” por batida no Japão e critica FIA

Max Verstappen terminou o GP do Japão bem cedo, voltas após o acidente na largada em que foi atingido por Charles Leclerc. Irritado com o monegasco e com as decisões da FIA, reclamou

A participação de Max Verstappen no GP do Japão de Fórmula 1, realizado neste domingo (13) foi bastante rápida. Até começou promissora, mas uma pancada aplicada por Charles Leclerc acabou colocando o dia a perder. Após o fim da participação, Max cuspiu fogo contra as decisões confusas da FIA e o próprio Leclerc.
 
O piloto da Red Bull largou na quinta colocação e partiu bem: deixou Lewis Hamilton e Leclerc para trás, assumindo o terceiro posto. Logo na curva 2, entretanto, Leclerc fez um movimento desesperado e despropositado para a esquerda, onde Verstappen estava e não tinha como sair. O impacto danificou os dois carros, mas especialmente o da Red Bull. Voltas mais tarde, Max abandonou.
 
Mas a estranheza não parou por aí. A FIA inicialmente divulgou que não investigaria a batida, o que revoltou Verstappen, então ainda no carro. Pouco depois, decidiu que investigaria, sim, mas apenas depois da prova. Para o holandês, um rival irresponsável e uma FIA conivente.
 
"Tivemos uma largada muito boa, para variar, o que é positivo. Senti que estava em terceiro, e, aí, Charles jogou o carro em mim. Da minha parte, não acho que dava para fazer algo de diferente", comentou.
Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
"Todos sabemos que você perde downforce atrás de outro carro, não é uma desculpa, ele é experiente o bastante para saber disso. E eles [a FIA] decidiram não investigar, depois decidiram investigar…", lamentou.
 
"Meu carro está todo destruído, tem buraco na lateral. Começaram a investigar, mas deixaram para depois da corrida. O que mais ele precisa fazer para ser penalizado? Gosto de batalhas duras, mas o que ele fez foi irresponsável", criticou.
 
Ainda aproveitou para apontar para outro erro da FIA: a não-punição a Sebastian Vettel por queimar largada.
 
"Teve ainda Sebastian, que se moveu [antes da largada] quando as regras dizem que você não pode mexer. Não sei o que aconteceu com as regras hoje", terminou.
 
De acordo com a FIA, Vettel não foi punido porque "apesar do vídeo mostrar algum movimento, esse movimento estava dentro do tolerável no sistema de largada, que define queimada de acordo com o Artigo 36.13 das Regras Esportivas da F1."
 
Sem Verstappen e com Leclerc totalmente atrapalhado, o companheiro de Max, Alexander Albon, terminou com a quarta colocação: melhor prova dele na categoria.
 

Paddockast #37
GRANDES RIVALIDADES INTERNAS 

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube