Verstappen defende “disputa dura” com Leclerc e admite: “Achei que tinha perdido na largada”

Max Verstappen não viu nada de errado na disputa pela vitória com Charles Leclerc e afirmou que corrida precisa ser assim. O holandês admitiu que achou que tinha perdido as chances de um bom resultado na Áustria com a largada

Max Verstappen teve a grande exibição da temporada 2019 da F1 para vencer a primeira no ano na Áustria. Neste domingo (30), o holandês largou em segundo, despencou ao quase ficar parado no grid e fez uma prova de recuperação impressionante, com direito a três ultrapassagens no fim para triunfar, a última com direito a um leve toque em Charles Leclerc.
 
Max admitiu que chegou a pensar que tudo estava perdido depois da péssima largada, mas que a corrida melhorou absurdamente após sua primeira parada.
 
"Depois daquela largada, achei que minha corrida tinha terminado, mas precisava continuar acelerando muito. Tive um pouco de problemas no primeiro stint, mas depois do pit-stop começamos a voar", disse.

Max Verstappen festeja a vitória no GP da Áustria (Foto: F1/Twitter)

O holandês elogiou o trabalho da Honda e a velocidade do carro na corrida que quebrou um jejum de 13 anos dos japoneses sem vitória na F1.

 
"Deu para ver nas retas que nós estávamos com muito bom ritmo. Estou muito feliz com a equipe e com a Honda", seguiu. 
 
Verstappen falou também rapidamente da briga com Leclerc e mostrou que vai ficar muito irritado caso receba uma punição. O piloto da Red Bull explicou que uma prova de F1 precisa ter disputas assim.
 
"Disputa dura é assim, de outra forma é melhor ficar em casa. Se isso não for permitido numa corrida, não faz sentido estar na F1", completou.
 
 
Paddockast #23
Lágimas em Le Mans

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube