Verstappen deixa Vettel para trás e lidera primeiro treino em Singapura. Bottas bate

Em um treino bem equilibrado e com três equipes se alternando na liderança, Max Verstappen abriu o fim de semana em Singapura na frente. Sebastian Vettel foi o segundo colocado. Com pneus médios, Lewis Hamilton foi o terceiro, enquanto Valtteri Bottas, o quarto, acertou a barreira de proteção

O fim de semana do GP de Singapura começou movimentado e bastante equilibrado entre as três principais forças do grid da F1. Ferrari, Mercedes e Red Bull se alternaram na liderança do primeiro treino livre, realizado no fim da tarde desta sexta-feira (20) em Marina Bay. No fim das contas, Max Verstappen, com pneus macios, colocou a equipe taurina na frente com 1min40s259 como melhor tempo. Sebastian Vettel, também com os compostos vermelhos, virou apenas 0s167 e foi o segundo colocado. Já a outra Ferrari, de Charles Leclerc, enfrentou problemas no câmbio quando vinha para abrir uma volta rápida na sessão.

As Mercedes terminaram em terceiro e quarto com Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, respectivamente. Entretanto, os dois carros prateados registraram seus melhores tempos com os pneus duros. O pentacampeão virou 0s666 mais lento em relação a Verstappen. Bottas ficou 1s077 atrás do líder, mas o finlandês sofreu um revés ao bater o W10 na barreira de proteção da curva 19, causando a única bandeira vermelha do treino. Alexander Albon, com a segunda Red Bull, foi o quinto, enquanto Leclerc foi apenas o 19º.

Nico Hülkenberg, de saída da Renault e com futuro incerto na F1, foi o 'melhor do resto' e terminou em sexto lugar com a Renault, seguido pelas McLaren de Carlos Sainz e Lando Norris. Daniil Kvyat foi o nono com a Toro Rosso, à frente do seu companheiro de equipe, Pierre Gasly.

Max Verstappen foi o mais rápido do primeiro treino livre em Singapura (Foto: AFP)

O segundo treino livre do GP de Singapura está marcado para logo mais, a partir de 9h30 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o primeiro treino livre do GP de Singapura

As equipes reservaram os primeiros minutos às habituais voltas de instalação e reconhecimento da pista. Mas não demorou muito para o registro do primeiro tempo cronometrado. Em grande momento na F1, Charles Leclerc, com pneus médios, anotou 1min46s180 na sua primeira passagem pelo circuito urbano de Marina Bay.

Aos poucos, a sessão foi ganhando em ação com a presença de mais carros na pista. Nico Hülkenberg, com um pé fora da F1, era um a registrar tempo, assim como Daniil Kvyat, Carlos Sainz, Kevin Magnussen e Antonio Giovinazzi. Romain Grosjean, por sua vez, deu uma 'traseirada' com o carro da Haas e quase acertou o muro. Mais à frente, Leclerc seguia melhorando seu tempo para se manter na frente com 1min43s618. Até que Max Verstappen, com pneus macios, cravou 1min43s077 e colocou a Red Bull na ponta.

Charles Leclerc começou bem a sessão, mas levou azar com um problema no câmbio (Foto: AFP)

Mas durou pouco a liderança do holandês. Por meros 0s036, Valtteri Bottas assumiu a dianteira segundos antes de Hülkenberg fazer outra boa volta e se posicionar em terceiro, à frente de Leclerc e Alexander Albon. Até que a sessão passou ter um novo líder: Lewis Hamilton, com sobras, virou 1min42s412, com os pneus macios, abriu 0s629 para Bottas e comandou a provisória dobradinha da Mercedes.

Os tempos seguiam despencando. Verstappen retomou a liderança ao superar Hamilton em 0s474. O pentacampeão devolvia em seguida para voltar à ponta com 1min41s469. A surpresa ficava por conta de Lance Stroll, na terceira colocação.

Valtteri Bottas esteve entre os pilotos que lideraram neste fim de tarde (Foto: AFP)

No início da segunda parte do treino, a Mercedes mandou seus pilotos à pista com pneus duros. Bottas conseguiu melhorar seu tempo, deixou Verstappen e Stroll para trás e subiu para segundo. Na sequência, o finlandês superou seu companheiro de equipe em 0s133 e foi mais um a liderar o TL1. Hamilton tentou reassumir a liderança, fez uma volta melhor, mas não foi o bastante. O pentacampeão ficou 0s103 atrás.

Foi então a vez de a Ferrari assumir a ponta. Com pneus macios, Vettel cravou 1min40s426 para liderar o treino. Verstappen também conseguiu melhorar e subiu para segundo, enquanto Leclerc, que vinha para marcar um bom tempo, enfrentou um problema no seu carro e se arrastava para os boxes da Ferrari. Na volta seguinte, no entanto, o holandês conseguiu posicionar a Red Bull na liderança novamente com volta 0s167 mais rápida em relação a Vettel.

Valtteri Bottas bateu com a Mercedes no fim do primeiro treino em Singapura (Foto: Reprodução)

Quando restavam 26 minutos para o fim do treino, Bottas perdeu o controle do carro e bateu forte na barreira de proteção da curva 19. Tudo ok com o piloto, mas o carro ficou bem destruído na sua lateral esquerda. Bandeira vermelha em Singapura.

O treino foi retomado dez minutos depois do acidente de Bottas e trazia a confirmação do problema que levou Leclerc a encerrar sua participação neste fim de tarde: câmbio. Na pista, os outros 19 pilotos tinham pouco tempo para melhorar suas respectivas marcas antes do desfecho da sessão. Lando Norris, que vinha apenas em 18º, enfrentava suas dificuldades com o carro, chegando a dar sua escapada. Robert Kubica, ao contrário, vinha muito bem e estava em 13º lugar.

Na volta seguinte, Norris conseguiu encaixar uma volta razoável e subiu para sétimo, enquanto Antonio Giovinazzi, que chegou a se colocar em último, era o 12º colocado. Carlos Sainz, depois de uma primeira parte do treino mais difícil para a McLaren, superou seu companheiro de equipe em seguida, garantindo os dois carros da equipe de Woking no top-10. Lá na frente, ninguém conseguiu superar a Red Bull de Verstappen, o líder do fim de tarde na cidade-estado.

#GALERIA(9915)

F1 2019, GP de Singapura, Marina Bay, treino livre 1:

1 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:40.259   22
2 S VETTEL Ferrari 1:40.426 +0.167 23
3 L HAMILTON Mercedes 1:40.925 +0.666 26
4 V BOTTAS Mercedes 1:41.336 +1.077 14
5 A ALBON Red Bull Honda 1:41.467 +1.208 24
6 N HÜLKENBERG Renault 1:41.812 +1.553 26
7 C SAINZ JR McLaren Renault 1:41.966 +1.707 20
8 L NORRIS McLaren Renault 1:42.180 +1.921 19
9 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:42.305 +2.046 26
10 P GASLY Toro Rosso Honda 1:42.377 +2.118 24
11 D RICCIARDO Renault 1:42.527 +2.268 20
12 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:42.630 +2.371 23
13 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:42.677 +2.418 15
14 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:42.786 +2.527 13
15 L STROLL Racing Point Mercedes 1:42.791 +2.532 28
16 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:43.150 +2.891 22
17 R KUBICA Williams Mercedes 1:43.336 +3.077 28
18 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:43.369 +3.110 21
19 C LECLERC Ferrari 1:43.618 +3.359 12
20 G RUSSELL Williams Mercedes 1:43.993 +3.734 29
    Tempo 107% 1:47.277 +7.018  
           
REC L HAMILTON Mercedes 1:36.015 15/09/2019  
MV K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:21.046 16/09/2019  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube