Verstappen diz que briga dura na Inglaterra foi por Leclerc estar “mordido” da Áustria

Max Verstappen acredita que a postura mais dura de Charles Leclerc na Inglaterra foi um reflexo do que aconteceu na Áustria. O holandês avaliou que as defesas mais duras foram porque o monegasco ainda está ferido por ter perdido a vitória no Red Bull Ring

Max Verstappen disse crer que Charles Leclerc ainda não estava totalmente recuperado da etapa na Áustria. O titular da Red Bull afirmou que o monegasco foi duro em Silverstone por ainda estar dolorido com a perda da vitória.
 
No Red Bull Ring, há duas semanas, o piloto da Ferrari vinha caminhando para seu primeiro triunfo na Fórmula 1. Entretanto, nos giros finais, não conseguiu segurar o holandês, que fez uma ultrapassagem bastante agressiva, o jogando para fora, para ficar com o degrau mais alto do pódio.
 
Agora, na prova inglesa, os dois jovens competidores se encontraram mais uma vez no traçado. Desta vez, o #16 mostrou ter aprendido a lição e deu o troco no adversário, mostrando uma pilotagem mais dura.

Charles Leclerc e Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

Ao falar sobre o embate, o #33 afirmou que a ferida ainda estava dolorida, o que justificaria a postura. “Acho que ainda estava um pouco machucado da Áustria, então estava defendendo duramente, mas está tudo bem, estou lá para isso”, comentou.
 

“Não quis assumir muitos riscos nesta batalha e danificar o carro porque sabia que éramos mais rápidos. Então apenas precisava escolher meu momento, mas então a equipe me deu uma boa estratégia, e depois estava tudo certo para caminhar para um bom resultado”, seguiu.
 
O piloto ainda afirmou que a briga com Leclerc durou tanto por causa da grande velocidade de reta que tem a Ferrari. “Eles têm velocidade máxima para ficar na nossa frente, e nesse momento minha bateria não estava carregada o suficiente. Então deve esperar pelo momento certo”, encerrou.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube