Verstappen diz que Vettel não pediu desculpas por acidente em Singapura e critica: “Não precisava se arriscar tanto”

Max Verstappen revelou que Sebastian Vettel chegou a dizer que “as coisas poderiam ter sido feitas de forma diferente” na esteira do acidente que envolveu também Kimi Räikkönen na largada do GP de Singapura, no último domingo. Até o pai de Max, Jos Verstappen, entrou no assunto e defendeu punição mais ampla para o alemão

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) considerou como incidente de corrida o contato que envolveu Sebastian Vettel, Kimi Räikkönen e Max Verstappen na largada do GP de Singapura, no último domingo (17). O piloto da Red Bull acabou sendo ‘ensanduichado’ pelos carros da Ferrari após contato do carro de Kimi, que depois perdeu o controle e acertou Vettel, que havia virado para a esquerda para trancar a passagem de Verstappen. O holandês criticou a postura do alemão na pista e disse que não era necessário ter arriscado tanto. Por fim, Max disse que não houve pedido de desculpas da parte de Seb.

 
“Não”, afirmou Verstappen ao ser questionado sobre o tema pouco depois da prova em Singapura. Mas o jovem holandês lembrou que Vettel sentiu-se frustrado por conta do que aconteceu. “Ele disse algo como ‘olhando para trás, as coisas poderiam ter sido feitas de forma diferente. Mas o que está feito, está feito”, comentou.
 
Max aproveitou para criticar o piloto da Ferrari e disse que, por estar na briga pelo título com Lewis Hamilton, não era necessário ter se arriscado tanto.
Acidente na largada em Singapura tirou Vettel, Räikkönen e Verstappen da corrida (Foto: AFP)
“Vettel está lutando pelo título, então você não precisa se arriscar tanto sabendo que Hamilton larga em quinto. Se isso tivesse acontecido com Hamilton, seria uma história completamente diferente. Do lado dele [Vettel], não entendo que algo assim tenha acontecido”, declarou.
 
Até mesmo o pai de Max, o ex-piloto Jos Verstappen, meteu a colher no assunto e foi além, defendendo uma punição a Vettel. 
 
“Se você analisar as imagens, Räikkönen vai à direita e depois vira o volante. Mas se você olhar mais de perto, pode ver que Vettel está vindo para a esquerda, e Max está entre eles. Você não pode culpar Max por nada disso”, disse Jos em entrevista veiculada pelo site norte-americano ‘Motorsport.com’.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Questionado se Vettel tinha de ser punido pelo acidente, o pai de Max concordou, mas disse que tal cenário foi evitado pelos comissários em razão, provavelmente, de um jogo político.

 
“Ele merecia. Mas eles não vão ser rápidos demais para fazer isso, já foram advertidos. Se ele receber uma punição agora, acho que eles também precisam suspendê-lo por uma corrida. Então pode ser um jogo político, e por isso ser considerado um incidente de corrida. E não acho que isso seria justo”, disparou.
ALONSO SEM HONDA EM 2018?

É CAPAZ DE A TORO ROSSO IR BEM E A RENAULT FALHAR NA MCLAREN 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube