Verstappen esbraveja após abandono na Itália: “Fim de semana todo foi uma merda”

Max Verstappen não ficou nem perto de brigar pelo pódio no GP da Itália. Com uma largada ruim, o holandês da Red Bull abandonou a prova na 30ª volta com problemas no motor e saiu bem irritado com o desempenho da equipe

Depois de uma classificação ruim, largando apenas em quinto, Max Verstappen não teve uma boa corrida em Monza. O piloto da Red Bull abandonou a prova na volta 30, longe das primeiras posições, com problema no motor.

Na largada, Verstappen caiu para o sétimo lugar e brigou com Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo nas primeiras voltas, até a entrada da bandeira vermelha por conta do acidente de Charles Leclerc. A proximidade dos carros, todos usando a asa traseira móvel, fez uma grande fila no circuito italiano.

“A largada foi horrível. As rodas patinaram, então tive que tirar o pé. Fiquei parado no meio [da pista], vi eles se aproximarem e tive que frear. Depois disso, fiquei na fila dos carros com DRS e não consegui passar. Na relargada, tive problemas no motor”, afirmou o holandês.

Max Verstappen passou longa disputa pelo pódio em Monza (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

O calendário apertado da Fórmula 1 para 2020 dá pouco tempo para Verstappen lamentar a ausência de pontos em Monza. No próximo fim de semana, a categoria desembarca em Mugello, também na Itália, para realizar a primeira corrida no circuito.

“Obviamente é um circuito diferente. Estou feliz que esta corrida terminou porque o fim de semana todo foi uma merda”, esbravejou o piloto da Red Bull.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube