Verstappen fala em “outro ótimo dia”, vê Red Bull melhor a cada corrida e garante: “Temos um ritmo realmente promissor”

Max Verstappen foi o primeiro a aproveitar o problema no carro de Sebastian Vettel, passou Daniel Ricciardo logo na largada e chegou a apertar Lewis Hamilton, mas se satisfez com a segunda colocação. Segunda semana seguida em que o holandês pilota em altíssimo nível

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Vindo de vitória na Malásia, Max Verstappen não saiu satisfeito do treino de classificação em Suzuka, quando conseguiu apenas a quarta colocação e foi mais lento que seu companheiro de Red Bull, Daniel Ricciardo. Mas, neste domingo (8), fez uma prova quase perfeita. Não venceu, mas não tem motivos para reclamar da segunda colocação.

O holandês fez a melhor largada em todo o grid: passou Ricciardo na segunda curva e partiu para cima de Sebastian Vettel. O problema de vela na Ferrari do alemão facilitou as coisas, mas Verstappen pulou para segundo rapidamente e de lá não mais saiu. Chegou a ameaçar um duelo mais intenso com Lewis Hamilton, mas se estabilizou em pouco mais de dois segundos atrás do britânico. Ao fim da prova, enfim, mostrou estar contente – e quase chegou ao vencedor, com um último suspiro na volta final.

"Foi um ótimo dia de novo", disse um sorridente Max ao entrevistador do pódio, Takuma Sato, vencedor das 500 Milhas de Indianápolis. "Suzuka realmente é uma pista ótima para mim. Adoro o circuito. E o ritmo de hoje foi, de fato, muito promissor", completou o jovem.

"A primeira fase da corrida, com os supermacios, eu briguei um pouco mais com a frente do carro, mas, assim que mudamos para os pneus macios, o desempenho se tornou mais competitivo e pude me aproximar mais de Lewis, especialmente nas últimas voltas".

Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

De qualquer forma, Verstappen entende que a Red Bull está melhor a cada nova prova e que a performance é, de fato, promissora. "Tivemos um grande ritmo, mas aqui é difícil de passar. Eu dei tudo de mim para me aproximar. De qualquer forma, o carro vem melhorando a cada corrida, então estou realmente feliz com isso", explicou o #33.

Sobre a briga com Hamilton no final, ele criticou Felipe Massa, que não abriu rapidamente como retardatário para o holandês: "Ele deveria ter me deixado passar logo, mas não acho que conseguiria pegar Hamilton, de qualquer maneira."

O resultado não conta muito para o Mundial de Pilotos, nem para a briga interna em termos de pontuação. Mas, é claro, conta para o futuro do holandês na F1, dando ainda mais motivos para a Mercedes acertar com o piloto para 2019.

A F1 volta em duas semanas, 22 de outubro, para o GP dos Estados Unidos de F1. GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da F1 em Austin AO VIVO e em TEMPO REAL, com livetiming e gráfico interativo.

HÁ ESPERANÇA?

MESMO COM RESULTADO RUIM, VETTEL GANHA FORÇA NA MALÁSIA  

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube