F1

Verstappen garante que não passou do ponto ao se defender de Räikkönen e retruca: “Se não gostou, problema dele”

Max Verstappen deu de ombros para as críticas de Kimi Räikkönen. O holandês não pensa que foi agressivo demais ao defender posição, postura que gerou polêmica durante o GP da Bélgica

Warm Up / VITOR FAZIO, de Porto Alegre
Max Verstappen não engoliu bem as críticas de Kimi Räikkönen por conta das disputas por posição no GP da Bélgica deste domingo (28). O finlandês deixou claro seu incômodo em relação à postura do holandês, que fez de tudo para não ser ultrapassado. Verstappen também não quis saber de ficar calado, dando a entender que Räikkönen só está querendo chamar atenção.

“Queria ver ele dizendo isso sobre a curva 1 (onde Räikkönen bateu em Vettel). Mas fica legal para a televisão se alguém está reclamando”, disse Verstappen.
Max Verstappen não se importou muito com Kimi Räikkönen (Foto: Beto Issa)
O holandês descartou de forma veemente que tenha sido muito agressivo. E foi além: Max diz não se importar com as críticas.
 
“É uma grande mentira, só estava defendendo minha posição. Se tem gente que não gostou disso, problema deles”, seguiu.
 
A agressividade de Verstappen, no fim das contas, foi em vão. O holandês não conseguiu reverter as consequências dos danos sofridos na primeira volta, cruzando a linha de chegada em 11º. Enquanto isso, o companheiro Daniel Ricciardo subia ao pódio com o segundo lugar, em corrida vencida por Nico Rosberg.
 
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1