Verstappen lamenta por chance perdida em Baku e fala: “Às vezes, odeio esse esporte”

Max Verstappen lamentou o incidente que lhe tirou a vitória no Azerbaijão e afirmou que sentiu a perda da chance de abrir uma vantagem larga para a rival Mercedes. Apesar da frustração, o holandês elogiou e reconheceu o trabalho do companheiro Sergio Pérez, que venceu em Baku

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Max Verstappen vivia um grande dia no Azerbaijão, no último domingo (6), até que um furo no pneu traseiro esquerdo colocou tudo a perder. Depois de largar em terceiro, o holandês superou Charles Leclerc ainda no início da corrida e tomou a liderança de Lewis Hamilton após o pit-stop. Daí para frente, caminhava livre para conquistar a terceira vitória na temporada, mas o estouro da borracha e a batida forte no muro, a cinco voltas do fim da prova, foi um golpe duro.

Com Hamilton em terceiro naquele momento, Verstappen perdeu a chance de sair com uma vantagem considerável para o adversário. “Às vezes, você consegue odiar esse esporte”, afirmou Max após o infortúnio.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A vida do piloto da Red Bull só não se complicou mais porque o rival inglês também enfrentou problemas. Lewis acabou fora dos pontos depois de, acidentalmente, acionar um botão no volante que interferiu no balanço dos freios. O incidente o fez passar reto na primeira curva, depois da relargada. A corrida havia sido interrompida com bandeira vermelha devido ao acidente com Verstappen.

“Honestamente, até aquele ponto, era um grande dia. O carro estava ótimo, eu estava apenas gerenciando tudo, estava confortavelmente na liderança. Teria, digamos, uma vitória fácil. Mas, é claro, não há garantias nesse esporte”, disse Verstappen, que manteve a diferença de 4 pontos para Hamilton na ponta do Mundial.

Max Verstappen perdeu a corrida ganha em Baku após estouro de pneu (Vídeo: F1)

“É uma pena porque perdemos a oportunidade de aumentar a diferença [no campeonato] porque sabemos que quando chegarmos a pistas normais, a Mercedes será muito forte. Portanto, eu sinto não abrir um pouco mais de vantagem”, completou.

Max entende que, apesar de tudo, o copo está meio cheio. “É claro que no final tivemos um pouco de sorte com Lewis passando direto da curva 1, então ainda estamos liderando o campeonato mundial, mas não é do jeito que queríamos que fosse. Eu queria realmente abrir essa lacuna hoje e vencer a corrida porque teria sido ótimo para a equipe.”

LEIA TAMBÉM
+Opinião GP: Red Bull ganha sabendo que podia mais e Mercedes se vê no poço em Baku
+Pérez tem jornada heroica e salva Red Bull do desastre no GP do Azerbaijão
+Acidentes, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão
+Hamilton define corrida como “lição de humildade” em Baku: “Coloquei tudo em risco”
+Bottas fica intrigado com falta de ritmo em Baku: “Os carros passaram a torto e a direito”

Por fim, o dono do carro #33 teceu elogios ao companheiro, Sergio Pérez, que assegurou a vitória à Red Bull. “Estou muito feliz por ele”, disse.

“Deveria ter sido uma dobradinha, mesmo assim foi muito bom vê-lo vencer a corrida. Ele é um ótimo companheiro de equipe e acho que também teve um ótimo dia. Ele fez tudo que deveria fazer, foi ótimo”, acrescentou.

Como a Mercedes não pontuou com os dois carros, a equipe taurina ampliou para 26 pontos a vantagem no Mundial de Construtores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar