F1

Verstappen reclama de ultrapassagem de Vettel antes de volta rápida no Q3: “Não é algo que se faz”

Max Verstappen estava seguindo outros carros antes de abrir a volta no Q3. Foi aí que veio a surpresa: Sebastian Vettel fez ultrapassagem por fora, forçando o holandês a tirar o pé. Assim, Max não pôde cruzar a linha de chegada em tempo hábil

Grande Prêmio / VITOR FAZIO, de Berlim
Max Verstappen não gostou da atitude de Sebastian Vettel no treino classificatório da Fórmula 1 na China, realizado neste sábado (13). O holandês se preparava para a última volta rápida do Q3 quando foi surpreendido pelo alemão, que fez uma ultrapassagem por fora para garantir melhor posicionamento na pista. Para Max, é motivo suficiente para “não estar feliz”.
 
A infelicidade de Verstappen é fácil de se compreender. O holandês tirou o pé ao ser superado por Vettel e teve dificuldades para recuperar velocidade. A consequência foi que o holandês não conseguiu abrir volta rápida antes de o cronômetro zerar – assim como o companheiro Pierre Gasly, que ficou preso atrás.
 
“Eu só estava tentando seguir os carros da frente e ser legal”, recordou Verstappen. “Eu também poderia ultrapassar a Ferrari na minha frente [Leclerc], mas isso não é algo que você faz na classificação. Não estou feliz, mas o mundo vai dar voltas e eles vão receber suas partes de volta. Nós estávamos lutando pelo terceiro lugar. Quando você não consegue fazer sua última volta, você sabe que os que estão em volta rápida tem a chance de te ultrapassar”, seguiu.
Max Verstappen não conseguiu fazer a segunda volta rápida no Q3 (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
E assim aconteceu. Ao invés do sonhado terceiro lugar, Verstappen precisou se contentar com o quinto posto. As chances de pódio do piloto da Red Bull sofrem um golpe, mas seguem viva.
 
“Eu ainda não sei. Todo mundo na minha frente vai largar com esses pneus [médios]. Ainda precisamos ver o que vai acontecer durante a corrida. Eu não sei sobre a vitória, mas certamente vou tentar um pódio” destacou.
 
Christian Horner, chefe da Red Bull, viu o lance com naturalidade. O dirigente, todavia, lamenta a oportunidade perdida no Q3.
 
“Era uma briga por posição antes do começo da volta. Max [Verstappen] estava em boa posição, mas aí o Seb [Vettel] o passou por fora. Ele precisou ficar para trás e aí a Renault também passou. É uma pena, até porque acho que a gente poderia largar na segunda fila hoje”, encerrou.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da China AO VIVO e EM TEMPO REAL. A largada acontece às 3h10 (horário de Brasília). Os horários completos estão abaixo.
 

Confira a programação do fim de semana do GP da China de F1
Horários de Brasília, GMT -3

SESSÃO DIA DATA HORA
TL1 Quinta 11/4 23h
TL2 Sexta 12/4 3h
TL3 Sábado 13/4 0h
TC Sábado 13/4 3h
GP Domingo 14/4 3h10

Fórmula 1 2019 AO VIVO 🇨🇳 
Acompanhe todos os treinos livres, classificação e o GP da China aqui


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.