Verstappen relata problemas de visibilidade com Halo e indica melhor solução: “Provavelmente tirar”

Max Verstappen entrou de vez para o rol dos críticos do Halo. Para o jovem piloto holandês o dispositivo atrapalha na mobilidade dos pilotos e na visibilidade dos retrovisores. No fim das contas, para Verstappen, o melhor seria acabar com ele

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Durante o tempo que vem sendo testado na F1, o Halo encontrou uma maior parte de pilotos que foi favorável pela proteção e não sentiu dificuldades em guiar com o dispositivo instalado. Mas recebeu também alguns críticos ferrenhos, como Nico Hülkenberg e Kevin Magnussen. Agora, Max Verstappen se junta a essa lista.

 
Em declaração dada ao jornal holandês 'De Telegraaf', Verstappen avaliou que o Halo causa problema na mobilidade dos pilotos e na checagem dos retrovisores. Perguntado qual seria a melhor forma de melhorar o dispositivo, respondeu que o tirando da F1.
 
"É difícil entrar e sair do carro com o Halo. Também me permite ver muito pouca coisa nos retrovisores", relatou. "Acho que ainda vai ser necessário muito tempo para desenvolver mais esse sistema. Qual seria a melhor mudança para ele? Provavelmente tirá-lo", falou.
A visão do Halo (Foto: F1/Twitter)
A priori, os testes do Halo visavam a introdução nos dispositivos já nos carros de 2017, mas uma freada dada pelas equipes fez a FIA segurar o sistema para inserí-lo a valer na F1 em 2018.

O Halo é apenas o último alvo de Verstappen, que tem se metido em discussões agressivas com gente importante na F1. Kimi Räikkönen e Sebastian Vettel foram duas delas, mas o principal bate-boca envolvendo o piloto de 18 anos nas últimas semanas foi aquele em que chamou o campeão mundial de 1997, Jacques Villeneuve, de assassino

 
Além das brigas, 2016 também foi o ano em que Verstappen conseguiu sua primeira vitória na F1 – exatamente na estreia pela Red Bull: o GP da Espanha.
 
PADDOCK GP #44 DEBATE VITÓRIAS DE ROSBERG EM SPA E DE RAHAL NO TEXAS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube