F1

Verstappen volta a agradar fãs da F1 e é escolhido como ‘Piloto do Dia’ do GP da Inglaterra

Pela quarta vez em dez corridas já disputadas em 2016, Max Verstappen foi escolhido pelos fãs da F1 como o ‘Piloto do Dia’. O holandês foi eleito em razão da grande performance durante o GP da Inglaterra. O jovem talento da Red Bull terminou em segundo lugar, sendo beneficiado pela punição imposta a Nico Rosberg após a corrida
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Verstappen comemora mais um pódio (Foto: Getty Images)

Max Verstappen, definitivamente, vive um 2016 de sonho. A sua segunda temporada na F1 vem sendo marcada, além de um salto de qualidade ao ser promovido da Toro Rosso para a Red Bull, por uma série de resultados pra lá de convincentes. O GP da Inglaterra, realizado no último domingo (10), foi mais uma jornada cheia de êxito para o holandês de 18 anos, que garantiu o segundo lugar, sendo beneficiado pela punição imposta pela direção de prova a Nico Rosberg em razão de uma mensagem não autorizada via rádio nas voltas finais da corrida em Silverstone.
 
Pela segunda vez consecutiva, Verstappen garantiu o segundo lugar na temporada. E pela performance destacada em Silverstone, o holandês, também pela segunda vez seguida, faturou o prêmio de ‘Piloto do Dia’ após ter sido eleito como o grande nome do GP da Inglaterra pelos fãs da F1. Foi a quarta vez que Max faturou a premiação.
Pela quarta vez em 2016, Max Verstappen foi escolhido como o 'Piloto do Dia' (Foto: Getty Images)
Além de Silverstone, Verstappen foi o ‘Piloto do Dia’ do GP da Espanha, do qual se sagrou vencedor, e também nos GPs do Canadá e da Áustria. Nesses dois últimos, após travar belo duelo com Nico Rosberg, como aconteceu também na Inglaterra no último domingo, quando chegou a passar o alemão por fora e resistiu bravamente ao melhor ritmo da Mercedes na fase final da disputa, já com pista seca.
 
Não é exagero dizer que Verstappen vem sendo muito melhor que Daniel Ricciardo, seu companheiro de equipe na Red Bull. Max fez sua primeira corrida pela equipe de Milton Keynes apenas na quinta etapa do ano, em Barcelona, mas está a apenas dez pontos atrás do australiano, que soma 100 tentos. Desde o GP da Espanha, Ricciardo somou 64 pontos, enquanto Max marcou 77.

 

“Foi incrível. Primeiro de tudo, o carinho dos fãs, eles foram ótimos. A corrida foi muito divertida, bem complicada no começo. Eu consegui passar Nico e, mesmo no fim do stint, estava chegando em Lewis, mas parei tarde demais, e daí em diante simplesmente fiz minha corrida”, salientando que fez seu pit-stop para colocar pneus de pista seca uma volta depois dos carros da Mercedes.
 
“No fim das contas, tenho de agradecer à Red Bull por ter me dado um carro tão bom. Creio que eles merecem muitos créditos aqui”, comemorou o holandês.
 
PADDOCK GP #36 ANALISA FIM DE SEMANA DE POLÊMICAS NA F1 E NA F-E