Vettel admite que Red Bull ainda procura causa de desempenho ruim na classificação na Bélgica

Tudo pareceu ótimo para Sebastian Vettel quando o alemão subiu ao pódio no GP da Bélgica e encurtou a distância entre ele e Fernando Alonso no Mundial. Mas o fato é que a Red Bull ainda não sabe o que motivou a má performance do alemão na definição do grid de largada

Barrado prematuramente no Q2 no treino classificatório para o GP da Bélgica, Sebastian Vettel admitiu que a Red Bull ainda não sabe o que causou o mau desempenho do bicampeão na sessão que definiu o grid de largada.

Em Spa-Francorchamps, contudo, o piloto conseguiu reverter o 11º lugar da largada e subiu ao pódio, na segunda posição. Para o GP da Itália deste fim de semana, Vettel evitou fazer previsões neste ano “imprevisível” e revelou que a equipe ainda investiga os problemas do último sábado.

Vettel encara Christian Horner em game-show promovido pela Red Bull em Monza (Foto: Red Bull/Getty Images)

Vice-líder do Mundial, com 24 pontos de desvantagem para Fernando Alonso, da Ferrari, o alemão tenta conquistar sua terceira vitória na Itália, a segunda consecutiva, mas evita falar em vantagem pelo fato de chegar a Monza tentando repetir o triunfo do ano passado. “É como qualquer outro fim de semana, difícil de prever”, disse.

“Tudo está bastante imprevisível e não há motivos para que isso mude neste fim de semana”, avaliou Vettel. “Nós estávamos competitivos aqui no ano passado, nem tanto nos anteriores, então é um pouco difícil saber o que esperar”, afirmou o piloto, sem demonstrar grandes expectativas.

À respeito do fim de semana de Spa-Francorchamps, Vettel falou que “a classificação foi desapontadora, mas a corrida foi ok e, antes da classificação, no treino da manhã de sábado, eu estava bem”.

Resta saber o porquê de ele não ter ido além do 11º lugar no grid de largada. “Ainda não há evidências que respondam com certeza a esta pergunta, pois não houve nada de errado. Não foi como se tudo tivesse dado errado na volta, então ainda há um ponto de interrogação nisso”, consentiu.

Atual bicampeão do mundo, Vettel venceu apenas uma corrida em 2012. Foi o GP do Bahrein, o quarto da temporada. Seu companheiro de Red Bull, Mark Webber, venceu em duas oportunidades, em Mônaco e na Inglaterra.

O Grande Prêmio cobre ‘in loco’, com a jornalista Evelyn Guimarães, o GP da Itália, neste final de semana, em Monza.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube