F1
31/03/2016 14:52

Vettel critica e diz que F1 não pode se orgulhar da decisão de manter novo formato de classificação: “É errado”

Uma das vozes mais críticas da F1 atual, Sebastian Vettel não poupou os chefes da decisão de manter o novo sistema de classificação para o GP do Bahrein. O ferrarista acha que medida terá um reflexo negativo para os fãs e que ninguém no paddock pode ser orgulhar
Warm Up / Redação GP, de Curitiba
 Sebastian Vettel (Foto: Getty Images)
Um dos pilotos mais críticos quanto ao novo formato da classificação, Sebastian Vettel afirmou que manter o sistema para o GP do Bahrein, que acontece neste fim de semana, é algo do qual a F1 não pode se orgulhar. 
 
Embora todas as equipes do grid tenham concordado, ainda na Austrália, em retornar ao modelo antigo da disputa das posições de largada, os chefes voltaram atrás e, na semana passada, decidiram dar uma nova chance ao formato da 'dança das cadeiras'. Tudo também porque a Red Bull e a McLaren rejeitaram a proposta da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) de tentar um sistema alternativo.
Sebastian Vettel criticou demais o novo formato da classificação da F1 (Foto: Getty Images)
Ao comentar o vai e vem das decisões, o tetracampeão disse que a incapacidade de alterar o formato é muito decepcionante e que isso vai causar reflexos negativos para a F1. "Estou tão desapontando quanto qualquer um aqui que não queria que o sistema fosse usado de novo", disse o ferrarista aos jornalistas, nesta quinta-feira (31), no Bahrein, palco da segunda etapa da temporada 2016.
 
"Vamos colocar dessa forma: você vende sorvete de baunilha, mas todo mundo no shopping quer sorvete de chocolate. Aí, no dia seguinte, todos esperam que você tenha o sorvete de chocolate, mas você continua vendendo só o de baunilha."
 
"Normalmente, você precisa fazer o que os clientes querem e não o oposto. Por isso, não podemos nos orgulhar dessa decisão. Se todo mundo é contra alguma coisa, e você, mesmo assim, a mantém... Não é a melhor coisa a se fazer. Não é correto. E esse sistema é apenas mais um exemplo de que algo não está certo", ressaltou.
 
Vettel reiterou ainda que o modelo da definição do grid é o exemplo que destaca exatamente o que está errado no processo de tomada de decisão da F1, algo que foi ressaltado também na carta feita pelos pilotos na semana passada.
 
"Acho que o que estamos tentando fazer é muito claro, por isso penso que não há muito que acrescentar. É só repensar o que está acontecendo atualmente. É claro que escrever uma carta não vai mudar nada da noite para o dia, porque é muito difícil dar sugestões. Nós não fizemos nenhuma proposta. Só deixamos claro que algo não está certo e que algo precisa mudar."
 
"A nossa intenção é realmente questionar o que está acontecendo neste momento e que podemos ajudar a melhorar isso no futuro", concluiu.
VEJA O PADDOCK GP #22, COM PRÉVIAS DA F1, MOTOGP, INDY E F-E