Vettel elogia e prevê rápida adaptação de Ricciardo à Red Bull: “Ele me dará muita dor de cabeça”

Mesmo ciente dos problemas da Red Bull em Jerez de La Frontera, tetracampeão mundial afirmou crer que processo de adaptação de seu novo companheiro de equipe será rápido

 
A pré-temporada para o campeonato de 2014 da F1 não começou bem para a Red Bull. Sofrendo com o problemático RB10 e com os motores turbo V6 da Renault, o time dos energéticos mal conseguiu participar dos testes de Jerez de La Frontera, na Espanha, o que prejudicou diretamente o trabalho de Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo.
 
Apesar disso, o alemão, dono dos últimos quatro títulos mundiais disputados na categoria, não espera que seu novo parceiro de equipe tenha dificuldades para se adaptar à escuderia. Pelo contrário: imagina que o aprendizado será mais rápido do que o esperado.
Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel lado a lado (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
"Sem dúvida, haverá uma grande quantidade de coisas novas nos carros neste ano, e todos terão de se adaptar a elas. Mas estou certo de que Ricciardo conseguirá isso muito rapidamente", explicou Vettel após as atividades no circuito de Jerez.
 
Em seguida, Seb rechaçou a ideia de ser uma espécie de 'tutor' do novato da Oceania, que substitui o compatriota Mark Webber no posto de segundo piloto da Red Bull. Por outro lado, destacou que espera que Daniel apresente um bom desempenho desde o início.
 
"Dar conselhos a ele? Será complicado, já que cada um tem seu próprio estilo. Ele não tem tanta experiência quanto Mark, mas merece estar onde está, e não tenho nenhuma dúvida de que ele me dará muita dor de cabeça", encerrou o tetracampeão.
 
A próxima bateria de testes da F1 ocorre no Bahrein, a partir do próximo dia 18.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube