F1

Vettel justifica reação após GP do Canadá e critica mídia: “Esperam para te derrubar”

Sebastian Vettel voltou a falar sobre o GP do Canadá. O piloto comentou sobre suas atitudes após a corrida, como trocar as placas de lugar, além de ter criticado a postura da mídia em apontar o dedo para as atitudes do alemão

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
O GP do Canadá voltou a ser um tema comentado por Sebastian Vettel. O alemão explicou a reação após a prova ao trocar as placas de posições, além de ter criticado a atitude da mídia em querer derrubá-lo.
 
O começo da temporada da Ferrari não tem se desenhado da maneira mais fácil. Então, em Montreal, parecia a primeira chance real de vitória da esquadra italiana, não fosse uma punição nas últimas voltas.
 
Com um acréscimo de 5s ao seu tempo de volta, o tetracampeão até cruzou em primeiro, mas viu o triunfo ficar nas mãos de Lewis Hamilton. Isso desencadeou uma série de reações do piloto, que não parou o carro no parque fechado, além de ter trocado as placas de primeiro e segundo de lugar.
 
Ao falar sobre as atitudes, disse à ‘BBC’ que “obviamente veio no momento, completamente. Saí da porta e não sabia para onde ir, e então vi aquilo e também pensei que seria muito engraçado.”
Sebastian Vettel (Foto: AFP)
O #5 ainda criticou a postura adotada pela mídia, que apontou dedos e criticou tudo feito pelo piloto. “O ponto é, não gosto que estamos criticando nossos heróis. Primeiro, colocamos nossos heróis no topo”, falou.
 
“Não pedi para me colocarem tão alto. Mas então parece que apenas esperam o momento certo para o derrubarem e então dizer ‘viu só? Ele não era tão especial apesar de tudo’. É mais que achei engraçado, na verdade, do que em uma maneira das pessoas pedindo por um show, emoções, personalidade... então pegam isso e as pessoas se jogam nisso e então criticam”, seguiu.
 
“Apenas acho que paixão não vai sem emoção. Você não pode dizer ‘sou muito apaixonado por isso’. E então alguma coisa dá certo e você fica quieto. Ou então uma coisa dá errado e você fica quieto”, continuou.
 
“Isso que acho um pouco de paradoxo. Por que criticam se alguém xingar no rádio em algum momento? Todos já estiveram naquele momento. É apenas que esporte tem a habilidade de resumir e comprimir a vida de uma maneira”, concluiu.
 

Paddockast #24
A BATALHA: Indy x MotoGP


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.