Vettel reclama do peso dos carros e pede menos downforce como alternativa

O titular da Ferrari apontou como atualmente, a Fórmula 1 tem carros bastante pesados. O alemão reconhece que existem itens essenciais e que contribuem com o fator, mas apontou algumas alternativas para a questão

Sebastian Vettel apontou como os carros atuais da Fórmula 1 estão muito pesados. O alemão afirmou que apesar do downforce "ridículo" que apresentam, ainda é um fator perceptível em baixa velocidade.

O peso dos carros da categoria cresceram muito na era dos motores híbridos turbo. A chegada do halo em 2018 também contribuiu com a questão, tornando-se ponto de atenção para o tetracampeão.

“Creio que os carros são fenomenais em termos de downforce, é ridículo o quanto temos e o quão rápidos são em velocidade média, em curvas de alta. Mas em baixa velocidade você pode sentir o peso”, falou ao Motorsport.

Sebastian Vettel (Foto: Ferrari)

“É algo que se tem noção quando joga o carro de um lado ao outro na chicane ou no meio da curva. Os carros são, em minha opinião, muito pesados. Creio que poderíamos abrir mão de um pouco do downforce, não precisamos disso, mas sim ter carros mais leves. No geral, ainda teríamos o mesmo tempo de volta, provavelmente ainda mais rápido”, continuou.

“Foi a direção que tomou por conta da unidade de potência e todos os extras. Obviamente, alguns são medidas de segurança e que você não quer voltar atrás. Quer dizer, apenas o halo pesa 10 kg. Poderia ser feito um pouco mais leve e ainda seria seguro”, emendou.

“O que quero dizer é que algumas coisas provavelmente são justas que tenhamos o peso. Outras coisas? Podemos debater. Mas acho que vale lembrar que era ótimo ter 600, 602 kg. Agora, o mínimo é 750 kg”, concluiu.


 
Paddockast #55
Um bate-papo com… RUBENS BARRICHELLO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube