F1

Vettel segue tradição e escolhe nome para “esguio” carro da Ferrari para temporada 2019: Lina

Sebastian Vettel aproveitou a apresentação da temporada 2019 para revelar o nome com que batizou a SF90. O germânico escolheu Lina para o que considera um carro “esguio” de Maranello

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
GUIA 2019
🏁 F1 abre ano de briga de gigantes, coadjuvantes de luxo e grid jovem
🏁 F1 reformula regras para resolver velho dilema da falta de ultrapassagens
🏁 Hamilton busca perfeição em 'temporada mais difícil' para colar em Schumacher
🏁 Atrás de tirar Ferrari da fila, Vettel tenta se livrar do peso dos erros em ano decisivo
🏁 Mudanças, revanche e carros diferentes: como Mercedes e Ferrari retomam duelo
🏁 Red Bull busca renascimento com aposta na Honda e na liderança de Verstappen
🏁 Reforçada com Ricciardo, Renault destoa em pelotão do meio ainda mais parelho
🏁 Sem Alonso e mais jovem, McLaren reforça área técnica para limar falhas

🏁 Williams começa temporada cercada de dificuldades e dúvidas sobre futuro

Sebastian Vettel já escolheu nome para o carro de 2019 da Ferrari. Mantendo a tradição, o germânico revelou nesta quarta-feira (13) que batizou a SF90 de ‘Lina’.
 
Desde 2008, quando guiou pela Toro Rosso, Vettel tem o costume de dar nomes de mulher aos seus F1. O primeiro foi batizado como ‘Julie’. Na temporada seguinte, já na Red Bull, o #5 escolheu ‘Kate’ para o RB5, mas uma atualização acabou transformando a alcunha para 'Irmã Safada de Kate' ('Kate Dirty Sister'). Em 2010, ano do primeiro título, Vettel guiou a 'Luscious Liz' (a 'Liz Gostosa'), que virou 'Randy Mandy' ('Randy Fogosa') ao longo da temporada.
Sebastian Vettel já escolheu um nome para a 'magra' Ferrari (Foto: Ferrari)
Nos três anos seguintes, também de títulos, Sebastian teve 'Kinky Kylie' (a 'Safada' de 2011), 'Abbey' (como homenagem aos Beatles em 2012) e 'Hungry Heidi' (a 'Faminta' de 2013). No último ano de Red Bull, a 'Suzie' esteve nas pistas. Depois de ‘Eva’, ‘Margherita’, ‘Gina’ e ‘Loria’ na Ferrari.
 
“Ela tem um nome: Lina”, revelou Vettel nesta manhã em um evento de apresentação da temporada da F1 em Melbourne, na Austrália. “Ela é bem esguia”, justificou.
 
Na língua inglesa, a palavra ‘line’ pode ser traduzida como ‘linha’, daí a referência à constituição física da SF90.
 
“É sempre uma expectativa similar. Tem a semana de testes onde você volta ao ritmo e aí você vem para cá e está pronto para correr”, disse. “Estou ansioso para voltar para a pista”, completou.