Vettel sente “algo balançando” entre pernas e arranca risos da Ferrari: “Mas não é o que estão pensando”

O segundo treino livre em Interlagos teve toques de humor logo em seu começo: Sebastian Vettel sentiu uma peça do carro da Ferrari solta balançando entre suas pernas e fez piada no rádio da equipe. Arrancou risos, é claro

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

O segundo treino livre da F1 nesta sexta-feira (9) em Interlagos começou com um toque de humor vindo de Sebastian Vettel.

Nos minutos iniciais da sessão vespertina, o alemão teve uma mensagem de seu rádio revelada na transmissão oficial. Uma nada comum, na verdade.

Vettel reclamou que alguma coisa "balançava" na parte frontal de sua Ferrari: "Alguma coisa está solta entre minhas pernas", disse.

Sebastian Vettel (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

"Alguma coisa além do óbvio, algo está balançando. Está perto dos meus pés, eu ficaria orgulhoso se fosse o que vocês estão pensando, mas não é…", brincou Vettel, arrancando risos da Ferrari.

A equipe, aliás, deu a única resposta possível: gargalhada e um simples "ok, entendido", evitando qualquer citação mais vulgar, claro.

Acompanhe todo o conteúdo em vídeo do GP do Brasil no nosso canal no YouTube Resultado de imagem para logo png youtube

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube