Vettel sobra, coloca 0s5 de vantagem para Hamilton e lidera terceiro treino na Coreia do Sul

Sebastian Vettel ratificou sua condição de favorito à vitória em Yeongam ao cravar o melhor tempo do fim de semana. O alemão marcou 1min37s642, 0s527 mais rápido que Lewis Hamilton, segundo colocado. Fernando Alonso foi só o sexto e Felipe Massa, oitavo

Definitivamente, Sebastian Vettel é o homem a ser batido no fim de semana do GP da Coreia do Sul. Repetindo a boa performance de sexta-feira à tarde no circuito de Yeongam, o mais jovem bicampeão da história da F1 se coloca como grande favorito na luta pelo título da temporada. No terceiro treino livre, realizado na manhã de sábado (13) na Coreia do Sul, noite de sexta-feira no Brasil, Sebastian sobrou. Soberano em Yeongam, o tedesco cravou 1min37s642, 0s527 mais rápido que Lewis Hamilton. Fernando Alonso, ainda líder da temporada, foi só o sexto, 1s063 atrás do piloto taurino.

Vettel sobrou perante os rivais no terceiro treino livre em Yeongam (Foto: Red Bull/Getty Images)

Por um momento, a McLaren deu a impressão que poderia andar no mesmo ritmo e até mesmo superar a Red Bull no circuito asiático. Hamilton e Jenson Button chegaram a comandar o treino com dobradinha da equipe britânica. Mas, nos minutos finais do treino, Vettel deu mais uma prova do poderio da Red Bull e destruiu o tempo da McLaren, colocando os taurinos como grande força do fim de semana. Button acabou terminando a sessão em terceiro, tendo feito sua melhor marca com pneus macios.

Destaque para o bom rendimento da Lotus depois de uma sexta-feira bastante apagada. Romain Grosjean foi o quarto colocado, embora tenha ficado a 0s940 do tempo de Vettel. Na sequência veio seu companheiro de equipe, Kimi Räikkönen que, diferente do franco-suíço, usa um novo sistema de escapamento em seu carro. Felipe Massa, em oitavo, ficou a 0s08 do tempo de Alonso. Bruno Senna, por sua vez, foi mal no terceiro treino e fechou só atrás dos carros das equipes novatas, em 18º. Pastor Maldonado, seu companheiro de equipe na Williams, foi o nono colocado.

Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Coreia do Sul

O terceiro e último treino livre do GP da Coreia do Sul começou com todos os pilotos, com exceção de Kamui Kobayashi, indo à pista, mas apenas para a execução de voltas de instalação em Yeongam. As temperaturas eram amenas na região de Mopko na manhã de sábado, ainda noite de sexta-feira no Brasil, sendo 20ºC no ambiente e 27ºC no asfalto.

Apenas com 15 minutos de sessão é que o treino começou de fato, com a ida de vários pilotos à pista. Kimi Räikkönen foi o primeiro a registrar tempo em Yeongam, com 1min46s111, com o Lotus E20 ainda em fase de desenvolvimento do novo escapamento Coanda. Tempo bastante alto, diga-se. Em seguida, Daniel Ricciardo cravou 1min40s983 com a Toro Rosso. Mas Kimi deu o troco na sequência e marcou 1min39s748, boa muita volta para quem usava pneus macios.

Com 23 minutos de treino, nada dos carros de McLaren e Ferrari na pista. Pista livre para a Red Bull de Sebastian Vettel e Mark Webber mostrarem a força do melhor carro do fim de semana até o momento. E sem dificuldades, o alemão registrou 1min39s086, com pneus macios, destruindo em 0s6 o tempo de Räikkönen. Webber, por sua vez, vinha em quarto após boa sequência de voltas rápidas.

Em seguida, Webber reafirmou a supremacia da Red Bull em solo sul-coreano e registrou 1min38s766, fazendo momentânea dobradinha com Vettel, enquanto Nico Rosberg, após boa volta — também com pneus macios —, era o terceiro colocado, seguido por Grosjean, Räikkönen, Pastor Maldonado, Nico Hülkenberg e Michael Schumacher.

Finalmente, antes do fim da primeira meia hora, Alonso deixou a pista, assim como Button, Hamilton e Massa. Na luta para se segurar na liderança do Mundial, Fernando vem explorando ao máximo o potencial da F2012 contra a Red Bull. E na manhã deste sábado em Yeongam, em sua primeira volta rápida, Alonso registrou 1min39s084, subindo logo para o segundo lugar.

Só que a McLaren também está muito forte na Coreia do Sul. Assim como aconteceu na manhã de sexta-feira, Hamilton mostrou um desempenho muito bom e conseguiu andar bem próximo da Red Bull. Prova disso foi a sua primeira volta, feita em 1min38s845, apenas 0s079 mais lento que Webber, subindo para segundo. Mas Lewis caiu para terceiro em seguida após ter sido superado exatamente pelo seu parceiro de McLaren, Button, 0s042 atrás do ponteiro.

Provando que a McLaren encontrou o melhor acerto, Hamilton, em seguida, destruiu o tempo de Button e anotou a melhor marca do fim de semana até àquele momento em Yeongam, com 1min38s464, e usando pneus macios. O melhor tempo de sexta, 1min38s832, estabelecido por Vettel, foi registrado com pneus supermacios. Na esteira do bom desempenho de Lewis, Button, também com melhor acerto, andou quase no mesmo ritmo de corrida do companheiro de equipe e subiu para segundo.

A Red Bull havia caído para terceiro, com Webber, e em quinto, com Vettel. Alonso estava entre os carros taurinos na Coreia do Sul, ao passo que Massa era o sétimo colocado. Bruno Senna, por sua vez, vinha discreto, assim como Pastor Maldonado. O brasileiro da Williams era apenas o 17º melhor colocado, três posições atrás do venezuelano.

Não demorou muito, porém, para a Red Bull dar o troco na rival McLaren e se reafirmar como a grande força do fim de semana ao colocar Vettel na ponta do treino. Sempre usando pneus macios, o alemão registrou o incrível tempo de 1min38s215, superou Hamilton em 0s249 e garantiu o melhor tempo do sábado. Fato é que, analisando os tempos realizados até o momento, Red Bull e McLaren já pintavam como favoritas à vitória, e a Ferrari mais atrás, como terceira força, correndo por fora.

Desde então, faltando cerca de 15 minutos para o fim do terceiro treino, o que se viu foi uma grande calmaria na pista, com todos os pilotos nos boxes para estudar os dados adquiridos nesta manhã. Com oito minutos para o encerramento do treino livre, Alonso foi o primeiro a voltar à pista, desta vez, com seu carro calçado com pneus supermacios. Seu gesto foi seguido por todos os seus oponentes do grid, que teriam a chance de realizar pelo menos duas voltas com os pneus mais rápidos do fim de semana.

Em sua primeira volta rápida com os pneus supermacios, Alonso virou 1min38s705, apenas 0s3 mais rápido em relação à sua melhor marca com os compostos macios. Nem Massa conseguiu se aproximar do tempo de Vettel, que já parecia inatingível. Quando o alemão marcou 1min37s970, ficou evidente que não havia adversários à sua altura, nem mesmo as McLaren de Hamilton e Button.

Para fechar o treino com chave de ouro, Vettel baixou ainda mais sua marca e registrou 1min37s642. Melhor tempo do fim de semana para Sebastian — 0s527 mais rápido que Hamilton — e a condição de grande favorito à pole logo mais, às 2h de sábado (horário de Brasília).

F1, GP da Coreia do Sul, Yeongam, treino livre 3:

TabelaTL3Coreia

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube