Vettel substitui Massa na Ferrari em 2014, diz TV. Montezemolo nega: "Não quero dois galos no galinheiro"

A rede de TV britânica BBC noticiou no último fim de semana que Sebastian Vettel assinou com a Ferrari para formar dupla com Fernando Alonso em 2014. Presidente da escuderia italiana, Luca di Montezemolo negou e disse que não colocaria dois pilotos tão fortes lado a lado

► Confira as melhores imagens do GP da Coreia do Sul


Não é de hoje que o nome de Sebastian Vettel é ligado a Ferrari, mas no último fim de semana o rumor ganhou força graças a uma notícia divulgada pela rede britânica BBC. De acordo com a emissora, o bicampeão da F1 assinou um pré-contrato com o time de Maranello para formar dupla com Fernando Alonso na temporada de 2014.
BBC garante que Vettel e Alonso formarão dupla da Ferrari em 2014 (Foto: Red Bull/ Paul Gilham/ Getty Images)

Segundo a notícia veiculada pela BBC, Felipe Massa segue na escuderia italiana em 2013 – como Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, já deu a entender durante o fim de semana –, mas entrega o posto para Vettel no ano seguinte. O piloto germânico tem contrato com a Red Bull até 2014, mas tem uma cláusula em seu contrato que permitiria a mudança.

 
Luca di Montezemolo, presidente da Ferrari, entretanto, negou a possibilidade e garantiu que não colocaria lado a lado dois pilotos tão fortes como Sebastian e Alonso. “Sempre disse que não quero dois galos no mesmo galinheiro”, afirmou Montezemolo em entrevista à rádio italiana Radio 1. “Eu não gosto disso e isso aumenta a instabilidade no time”, completou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube