Vettel vê evolução, mas descarta favoritismo da Red Bull: “Não estamos 100% confiáveis”

Terceiro colocado nos treinos desta sexta-feira (28), Sebastian Vettel avaliou que a Red Bull teve um bom dia em Sepang, mas ainda precisa melhorar em termos de confiabilidade. Mesmo citando evolução, tetracampeão afirmou que time dos energéticos não é o favorito para o GP da Malásia de F1

A cobertura completa do GP da Malásia no GRANDE PRÊMIO
As imagens da sexta-feira da F1 na Malásia
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Sebastian Vettel fechou o primeiro dia de treinos livres para o GP da Malásia de F1 com o terceiro melhor tempo. Com a mais rápida de suas 39 voltas em Sepang em 1min39s970, o germânico foi 0s061 mais lento que Nico Rosberg, o líder das atividades.
 
“Acho que tivemos um bom dia”, avaliou Vettel. “Obviamente, os tempos de sexta-feira não são os mais importantes do mundo, mas é bom estar na parte de cima e entre os melhores”, comemorou. 
Sebastian Vettel sorri dentro do capacete antes dos treinos em Sepang (Foto: Getty Images)
Vettel destacou, entretanto, que o dia não foi sem problemas para o time chefiado por Christian Horner, que ainda tem que resolver alguns problemas com o software do RB10.
 
“Nós tivemos um dia decente, não completamente sossegado para nós dois, Daniel [Ricciardo] e eu”, comentou. “Ainda temos algumas coisas para resolver do lado do software, em termos de programação do carro, o que parece errado, mas é assim que é. Acho que é o mesmo para todos. Nós todos temos muito para aprender”, defendeu.
 
Questionado sobre sua expectativa para a prova de domingo, Sebastian destacou que as condições climáticas terão um papel importante na etapa malaia. “Nós estamos correndo com o clima! Nós vimos nos últimos anos o que pode acontecer”, ponderou.
 
“Além disso, eu acho, nós estamos principalmente correndo contra nós mesmos, pois ainda não estamos em um estágio onde tudo é 100% confiável. Estamos, entretanto, melhorando a cada dia – cada volta parece nos ajudar”, opinou. “Acho que podemos dar um passo à frente amanhã e, baseado em hoje, até que foi OK. Vamos ver o que podemos fazer. Mas, com certeza, não somos os favoritos para a corrida”, reconheceu.
 
Por fim, Vettel sublinhou que a escuderia rubro-taurina precisa trabalhar na confiabilidade. “No geral, a melhor coisa desta sexta foi que o carro parece ser competitivo”, citou. “Nós sabemos que, em termos de confiabilidade, temos muito que fazer. Mas esse é o nome do jogo. É para isso que estamos aqui”, concluiu.

'TOP GEAR BARBADOS' com LEWIS HAMILTON e o GRANDE PRÊMIO

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube