Visando 2015, Honda inicia processo de desenvolvimento do novo motor turbo para McLaren, diz jornal

Tudo indica mesmo que a Honda voltará ao grid da F1. Segundo o diário japonês ‘Asahi Shimbun’, que cita fontes não identificadas, a montadora já iniciou o processo do desenvolvimento dos novos motores visando o fornecimento à McLaren em dois anos

As notícias a respeito do retorno da Honda ao grid da F1 como fornecedora de motores ganham mais intensidade a cada semana. A montadora japonesa foi uma das grandes vencedoras da categoria entre os anos 80 e 90, ajudando a McLaren a conquistar nada menos do que quatro títulos do Mundial de Pilotos, entre 1988 e 1991, sendo três deles com Ayrton Senna. E a volta da Honda à F1 pode ser mesmo com a McLaren a partir de 2015. Nesta semana, o diário japonês ‘Asahi Shimbun’ noticiou que a Honda já trabalha no desenvolvimento dos novos motores turbo V6 de 1,6 L.

O jornal nipônico cita fontes não identificadas de funcionários vinculados à Honda para embasar sua informação. O provável regresso da fabricante nipônica ao Mundial de F1 passou a ganhar corpo depois que a categoria instituiu o regulamento que introduz uma nova configuração de motores em substituição aos atuais propulsores aspirados V8 de 2,4 L a partir do ano que vem.

Casamento entre Honda e McLaren pode mesmo ser reatado a partir de 2015 (Foto: McLaren)

Além disso, uma recente mudança nas regras estabelecidas pela F1 estimula o uso de tecnologias ‘verdes’ ou renováveis, como o Kers, que terá seu uso ampliado e influenciará mais o rendimento dos carros a partir de 2014. Essa modificação pode ser uma das razões que estimularam o retorno da a Honda, que está fora da F1 desde 2008, quando colocou a crise econômica mundial na época como grande razão para sua retirada.

A parceria da McLaren com a Mercedes vem desde 1995. O vínculo atual vale até a próxima temporada, mas a montadora alemã já se mostrou interessada em renovar o contrato com o time de Woking. Entretanto, Toto Wolff, diretor-esportivo da Mercedes, demonstrou certa insegurança com a eventual chegada da Honda como nova fornecedora da McLaren e indicou que gostaria de proteger os dados a respeito do novo motor turbo.

Questionado pela revista inglesa ‘Autosport’ sobre os boatos que apontam para um retorno da Honda à F1 e um possível vínculo com a McLaren, Toto respondeu: "Não tenho certeza se isso realmente está certo, por isso estamos negociando com eles e esperando por uma ampliação no contrato para além de 2014."

"Se não conseguirmos um compromisso desse, então teremos de garantir que não haja a transferência de dados. Mas todos nós somos profissionais e vamos exercer o direito de salvaguardar a nossa tecnologia. Então, também estamos de olho nisso. No momento, estou otimista e esperando por um novo vínculo", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube