Webber lamenta problema e confessa que existe nervosismo da Red Bull sobre confiabilidade do RB8

Problema no alternador aconteceu pela terceira vez na temporada na equipe e comprometeu a corrida do australiano, que não somou pontos e perdeu a quarta colocação no campeonato para Lewis Hamilton

A Red Bull vive um drama com seu alternador nesta temporada. E o problema voltou a aparecer neste domingo (18), em Austin, durante o GP dos Estados Unidos. Não foi com Sebastian Vettel, o segundo colocado, mas com Mark Webber, que abandonou a prova por conta do problema.

A falha no alternador tirou Vettel do GP da Europa, em Valência, e do GP da Itália, em Monza. E isso custou pontos preciosos ao alemão, que tem 13 de vantagem para Fernando Alonso com uma prova para o final da temporada.

Webber não completou o GP dos Estados Unidos, disputado neste domingo (18) (Foto: Getty Images)

“Foi o alternador que antecipou o nosso final. Então, falharam a bateria, o Kers, a sincronia do câmbio… Já estava com problemas algumas voltas antes e sabíamos que era isso”, disse o australiano, que acabou sendo ultrapassado por Lewis Hamilton e perdeu a quarta colocação no campeonato.

Muito desapontado pelo abandono, Webber admite que problema vai causar ainda mais nervosismo na Red Bull na última etapa do campeonato, em Interlagos, no GP do Brasil. “É decepcionante perder um resultado muito bom para mim e para a equipe, e, com certeza, há mais nervosismo sobre a nossa confiabilidade”, finalizou o piloto.

Mesmo sem Webber pontuar, a Red Bull conquistou o título de construtores com a segunda posição de Vettel.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube