F1

Wehrlein faz jornada dupla em 2019 e assume papel de piloto de desenvolvimento da Ferrari, diz site

Pascal Wehrlein vai ficar com a agenda cheia em 2019. Piloto da Mahindra na Fórmula E, o alemão agora vai ter jornada dupla ao assumir o papel de piloto de desenvolvimento da Ferrari, vaga deixada por Antonio Giovinazzi e Daniil Kvyat
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Pascal Wehrlein (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Pascal Wehrlein vai assumir um novo desafio em 2019. Após encerrar seu vínculo com a Mercedes no final de 2018, agora vai preencher a vaga de piloto de desenvolvimento da Ferrari, como informou o site ‘Autosport’.
 
O alemão competiu duas temporadas na Fórmula 1, em 2016 e 2017, defendendo a Manor e Sauber, respectivamente. Ficando a pé no último ano, voltou a correr no DTM, terminando em oitavo na classificação – antes, foi campeão em 2015.
 
Agora, neste final de semana, vai fazer sua estreia na FE com a Mahindra, em Marrakech. Pascal perdeu a primeira etapa da temporada, na Arábia Saudita, por ainda estar envolvido com a Mercedes.
Pascal Wehrlein (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Wehrlein, que assume a jornada dupla com a categoria elétrica e o trabalho no simulador da Ferrari, vai ocupar uma das vagas antes comandadas por Antonio Giovinazzi e Daniil Kvyat. Ambos os pilotos foram promovidos em 2019 e vão passar a defender a Sauber e Toro Rosso, respectivamente. Fala-se ainda em procurar um segundo nome para se juntar ao alemão.
 
A equipe italiana tem passado por diversas mudanças nos últimos dias. Além da chegada de Wehrlein, a esquadra de Maranello também anunciou a saída de Maurizio Arrivabene, promovendo Mattia Binotto para assumir o comando do time.
 
Sebastian Vettel chegou a fazer um breve comentário sobre o trabalho feito nos simuladores. Apesar de reconhecer que não é uma tarefa muito divertida, ressaltou que “é muito importante, é uma ferramenta importante, tudo soma”.