Williams anuncia fim das férias e reabre fábrica em Grove: “É bom estar de volta”

Por meio das redes sociais, a tradicional escuderia britânica confirmou a volta aos trabalhos depois de pouco mais de dois meses. A paralisação oficial começou em 25 de março e foi encerrada nesta quarta-feira (27), com a volta aos trabalhos, “embora Grove pareça um pouco diferente”, explicou a equipe

A F1 está de volta. Ainda que a expectativa do Liberty Media seja de realizar a primeira corrida da temporada 2020 em 5 de julho, na Áustria, já tem equipe de volta aos trabalhos depois do longo período de mais de dois meses de férias. Nesta quarta-feira (27), a Williams anunciou, por meio das redes sociais, a reabertura da sua fábrica em Grove, na Inglaterra.

A tradicional escuderia fundada por Frank Williams entrou em período de férias em 25 de março por determinação da F1 e do próprio governo do Reino Unido em razão do avanço da pandemia do novo coronavírus na Europa.

A Williams reabriu a sede em Grove e está de volta aos trabalhos (Foto: Williams Racing)

Com um plantel estimado em 650 funcionários, a equipe adotou medidas para evitar o colapso financeiro e demissões em massa e cortou 20% do salário dos pilotos e dos seus executivos.

Na volta ao trabalho, a Williams cumpre o protocolo exigido pelo governo britânico, com os funcionários atuando em turnos diferentes e com respeito às regras de distanciamento social.

“Nossa paralisação oficial chegou ao fim hoje e recebemos de volta um número limitado de funcionários. Embora Grove pareça um pouco diferente com as medidas rígidas de distanciamento social, definitivamente é bom estar de volta”, informou a equipe.

A partir de agora, a Williams volta a trabalhar no projeto do FW43, carro que George Russell e Nicholas Latifi não guiam desde os testes de pré-temporada, em Barcelona.

Paddockast #62 | QUAL O LUGAR DE VETTEL NA HISTÓRIA DA F1?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube