Williams anuncia venda de todo departamento de desenvolvimento de sistemas de recuperação de energia

A Williams vendeu todo o seu departamento de desenvolvimento de sistemas de recuperação de energia para a também inglesa GKN Land, em uma negociação de "milhões de libras"

A Williams anunciou nesta terça-feira (1) a venda de todo o seu setor de sistemas de recuperação de energia para a GKN Land, empresa que tem sede em Worcestershire, na Inglaterra, e que fornece diferentes unidades de alimentação e motorização para veículos industriais destinados para a agricultura, mineração e construção. O time inglês não revelou o valor exato das negociações, falando apenas em "milhões de libras".

De acordo com a nota enviada à imprensa, o departamento que passou para as mãos da nova companhia será rebatizado de GKN Hybrid Power. Sob os termos do novo contrato, a Williams vai receber uma renda adicional com base nas vendas futuras e licenciamento de tecnologia no armazenamento de energia cinética.

Williams vendeu seu setor de desenvolvimento de sistemas de recuperação de energia (Foto: Getty Images)

Desde o início, em 2009, o projeto visava o desenvolvimento do Kers para a F1, mas o time também passou a trabalhar buscando o setor automotivo comercial. A Williams também forneceu a tecnologia para outras marcas do automobilismo, como o Audi R18 e-tron quattro, que faturou as 24 Horas de Le Mans.

"O programa híbrido da Williams foi desenvolvido com muito sucesso nos últimos anos e agora está pronto para entrar em um novo mercado de marketing. A GKN tem recursos e experiência e logo percebeu o enorme potencial dos sistemas de recuperação de energia", disse Mike O'Driscoll , diretor-executivo da Williams.

"Esta aquisição é uma grande oportunidade para a GKN levar uma tecnologia única para os mercados internacionais, ajudando a reduzir as emissões e aumentando a eficiência das empresas automotivas em todo o mundo. Além disso, a GKN fornece um conjunto único de projetos de engenharia que vai ajudar a inovar e melhorar o desempenho do nosso catálogo de produtos", acrescentou Philip Swash, diretor-executivo da GKN.

A transferência da tecnologia desenvolvida pela Williams nos últimos anos tem como objetivo também a indústria de transportes públicos para a melhoria da eficiência desses veículos. A esquadra inglesa, entretanto, vai continuar a desenvolver novas soluções de recuperação de energia em outro departamento, chamando de Engenharia Avançada.

Viaje para Mônaco e acompanhe o GP mais tradicional do Mundial da F1 com o GRANDE PRÊMIO por um PREÇO ESPECIAL. Veja o pacote aqui:

Foto: Mais uma novidade nesta semana de início da F1: leitor/seguidor do GRANDE PRÊMIO tem preço especial na compra dos pacotes com a AMK Viagens. Já pensou em ir para Mônaco e acompanhar essa <a href=F1 imprevisível no glamour do Principado? Dica de amigo: dá uma olhadinha, fala com os amigos e entra em contato com o Edgar Efeiche para uma viagem em alta velocidade: http://www.amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/104" src="https://fbcdn-sphotos-h-a.akamaihd.net/hphotos-ak-frc3/t1/s843x403/1239391_634676119915289_405699877_n.jpg" style="border: none;vertical-align: baseline;background-color: transparent;margin: 0px;padding: 0px;height: 241px;width: 650px"/>

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube