Williams define escalação dos pilotos para pré-temporada da F1 em Barcelona

A Williams definiu a ordem em que a dupla titular de pilotos vai assumir o cockpit do FW44 nos três primeiros dias de pré-temporada, na Espanha, e Nicholas Latifi será o primeiro a pilotar o novo carro

AS 10 VEZES QUE A FIA INTERFERIU (E MUITO) NAS CORRIDAS DA FÓRMULA 1

A Williams já definiu a ordem em que seus pilotos participarão dos primeiros testes de pré-temporada, a serem disputados no Circuito de Barcelona. Serão três dias de testes no circuito espanhol, entre esta quarta e esta sexta-feira, antes de mais três dias entre 10 e 12 de março, no Bahrein. A abertura do campeonato acontece uma semana depois, ainda no traçado de Sakhir.

A Williams, por sua vez, vai iniciar o primeiro dia com Nicholas Latifi ao volante do FW44 pela manhã, antes de Alexander Albon assumir na segunda sessão, à tarde. Na quinta-feira, a ordem se inverte: o tailandês pilota o carro na parte da manhã, enquanto o canadense vai para a pista à tarde.

Latifi já deu algumas voltar no FW44 em Silverstone (Foto: Williams)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Por fim, a ordem do primeiro dia de testes se repetirá no terceiro e último: Latifi pilota pela manhã, Albon assume o carro à tarde.

A pré-temporada será a primeira oportunidade que público, equipes e pilotos terão de ver os novos carros da Fórmula 1 na pista. A primeira corrida do calendário 2022 está marcada para o dia 20 de março, com a disputa do GP do Bahrein.

Latifi pilotou a Williams no molhado em Silverstone e assume na manhã primeiro dia de pré-temporada (Foto: Williams)

+ LEIA MAIS
Mercedes culpa inflação por dificuldades em se manter no teto orçamentário na F1

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar