F1

Williams descarta mudar foco para 2020 e diz que vai medir sucesso deste ano com “melhora no cronômetro”

Chefe-adjunta da Williams, Claire Williams negou que a equipe inglesa tenha planos de desistir da temporada 2019 para já focar no trabalho do próximo ano. Dirigente avaliou que vai medir o sucesso deste ano baseado no tempo recuperado em comparação com a concorrência

Grande Prêmio, de Barcelona / ERIC CALDUCH, de Barcelona / JULIANA TESSER, de São Paulo
A Williams negou que vá desistir da temporada 2019 para focar direito no próximo ano. Passadas as quatro primeiras etapas do campeonato, a escuderia de Grove segue sem pontuar e ocupa a última colocação na tabela do Mundial de Construtores.
 
Nesta quinta-feira (9), durante uma coletiva de imprensa acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO em Barcelona, Claire Williams, chefe-adjunta do time que leva seu sobrenome, garantiu que a equipe não vai desistir de 2019.
Claire Williams negou que a Williams vá passar a focar direto em 2020 (Foto: Williams)
Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #16: Devemos amar Senna acima de tudo e todos? E domínio da Mercedes torna F1 chata?

 Ouça no Spotify
 Ouça no iTunes
 Ouça no Android
 Ouça no playerFM

“Na Williams, ao longo da nossa história, nós nunca desistimos de uma temporada, independente de qualquer coisa”, disse Claire. “Nós, claramente, sabemos onde estamos, sabemos que vai ser incrivelmente difícil recuperar o atraso até mesmo para a nona colocação, mas estamos vindo para todas as corridas, temos peças para testar em todos do GP para analisar e determinar o quanto de performance elas podem nos dar para trazermos incremento de performance ao longo do ano”, seguiu. 
 
“Nós não estamos descartando nada. Esta é uma temporada para nós tanto quanto qualquer outra independente de onde estamos”, frisou.
 
Questionada sobre o que seria considerada um sucesso em meio a uma temporada tão difícil, a dirigente foi clara: “Melhora demonstrada pelo cronômetro”.
 
“Nós estamos quase 1s5 atrás da nona colocada, não estamos? Em alguns circuitos, às vezes é até mais do que isso. Então, para qualquer time, tentar encontrar 1s5 em uma temporada é um trabalho duro”, ponderou. “Para nós, se encontrarmos 1s, 2s neste ano, onde quer que isso nos leve, se nos levar ao nono colocado ― pois, claramente, todos os times vão trazer melhorias ―, é assim que vamos medir o sucesso neste ano. Se nossos rapazes puderem demonstrar que podem entregar 1s ou algo assim ou longo do ano, eu ficarei feliz”, completou. 
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.