F1

Williams marca data para anúncio de dupla e substituto de Massa para temporada 2017 da F1

A Williams vai revelar ao mundo a sua dupla de pilotos para o ano que vem dias após o GP do México. Tão logo volte à sua base na Inglaterra, a lendária escuderia chefiada por Claire Williams vai anunciar, na manhã da próxima quinta-feira, os nomes para o Mundial do ano que vem e, ao que tudo indica, não deve haver surpresas, com as confirmações de Valtteri Bottas e Lance Stroll
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Lance Stroll é o novo piloto de desenvolvimento da Williams (Foto: Williams)

Restam poucos dias para a Williams revelar ao mundo a sua dupla de pilotos e, consequentemente, quem vai substituir o brasileiro Felipe Massa na temporada 2017 do Mundial de F1. O site oficial da F1 noticiou nesta quinta-feira (27) que a escuderia britânica vai fazer o anúncio na sua sede, em Grove, dentro de uma semana, em 3 de novembro.
 
A expectativa é que não haja maiores surpresas. Valtteri Bottas, conforme já sinalizou a chefe-adjunta Claire Williams, deve renovar ao menos por mais uma temporada e deverá ter ao seu lado, no lugar de Massa, o jovem canadense Lance Stroll. 
 
O piloto, atual campeão da F3 Europeia, só não foi anunciado antes porque ainda não completou 18 anos, chegando à maioridade no próximo sábado (29). O entrave da idade de Stroll, filho do bilionário mago do mundo da moda, Lawrence Stroll, se deve ao fato de que a Williams é patrocinada pela Martini, icônica marca de bebida alcoólica, e a equipe, bem como a marca, prefere evitar possíveis problemas.
A Williams vai anunciar sua dupla de pilotos para a temporada 2017 no próximo 3 de novembro (Foto: Beto Issa)
Assim, a Williams vai anunciar sua dupla de pilotos pouco depois de chegar à Inglaterra, dias após o GP do México, que vai acontecer neste fim de semana no Autódromo Hermanos Rodríguez.
 
O fim da dupla Massa-Bottas, com a consequente aposentadoria do piloto brasileiro ao fim da temporada, encerra uma das parcerias mais duradouras da década. O duo correu lado a lado por três temporadas, o mesmo tempo de Sergio Pérez e Nico Hülkenberg, na Force India. Somente Lewis Hamilton e Nico Rosberg, na Mercedes, têm parceria mais longeva dentre as duplas atuais, por serem companheiros de equipe — e rivais — desde 2013.
 
Com a provável confirmação de Bottas ao lado de Stroll, vão restar sete vagas a serem preenchidas no grid de largada para 2017: a Haas deve seguir com Romain Grosjean, mas ainda não confirmou quem será seu outro piloto, assim como a Renault, já acertada com Nico Hülkenberg, e a Force India, que tem Sergio Pérez garantido, mas conta com um batalhão de pilotos em busca da vaga para substituir Hükenberg no ano que vem.
 

Manor e Sauber, em contrapartida, ainda não definiram nenhum dos pilotos para 2017. As equipes são as duas piores colocadas no Mundial de Construtores. A Manor tem um ponto e ocupa o décimo lugar, à frente do atual time de Felipe Nasr e Marcus Ericsson, que ainda não pontuou.
 
Mercedes (Hamilton e Rosberg), Red Bull (Daniel Ricciardo e Max Verstappen), Ferrari (Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen), McLaren (Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne) e, mais recentemente, a Toro Rosso (Daniil Kvyat e Carlos Sainz) já anunciaram as respectivas duplas de pilotos para a próxima temporada do Mundial de F1.