Williams terá novo sidepod nos treinos livres, mas peça pode não ser usada na disputa do GP da Austrália

O diretor-técnico da escuderia, Mike Coughlan, explicou que vai testar o novo sidepod, mas ainda não tomou uma decisão se ele será usado na corrida, já que o comportamento em temperaturas elevadas ainda é desconhecido

Depois de testar novos sidepod e sistema de escapamento no último dia de treinos coletivos em Barcelona, a Williams ainda não sabe se vai utilizá-los no GP da Austrália, neste fim de semana. O diretor técnico do time, Mike Coughlan, explicou que só vai tomar a decisão após os treinos livres, quando Pastor Maldonado e Valtteri Bottas vão testar configurações diferentes do carro.

“Nós vamos ter dois carros diferentes amanhã de manhã”, disse. “A temperatura mais fresca que o esperado vai nos ajudar porque nós projetamos um carro para correr com 40ºC, pois no Bahrein pode estar assim quente. Mas você perde desempenho significativo com temperaturas mais elevadas”, declarou o engenheiro à revista inglesa ‘Autosport’.

A Williams poderá ter atualizações para o GP da Austrália (Foto: Getty Images)

Com isso, embora as atualizações tenham significado um ganho de desempenho na Espanha, ainda não é certeza que elas serão usadas, já que o comportamento do carro em temperaturas mais elevadas ainda é desconhecido. “Todo mundo tenta minimizar o efeito com aberturas na carroceria. Nós preferimos apostar em uma zona maior de conforto, com temperaturas abaixo dos 30ºC”, completou.

Quem não se mostrou incomodado com a indefinição é Valtteri Bottas. Mesmo sendo obrigado a pilotar um carro diferente de Maldonado no primeiro treino, o finlandês explicou que essa situação é positiva para a equipe, pois será possível fazer uma comparação precisa entre as diferentes configurações.

“É uma boa chance para nós tentarmos acertos diferentes nas mesmas condições, com o mesmo pneu e no mesmo momento de pista. Isso é algo que não podemos fazer nos treinos coletivos, porque quando se faz os ajustes, leva algum tempo, e a direção do vento pode mudar. Será bom para nós ter um pouco mais de entendimento do carro”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube