Wolff destaca importância do GP da Alemanha e diz que Mercedes vai tentar ajudar a manter prova no calendário da F1

Chefe da Mercedes, Toto Wolff exaltou importância do GP da Alemanha para o time de Nico Rosberg e Lewis Hamilton, e, mesmo reconhecendo que não cabe à equipe interferir nas negociações, afirmou que o time vai tentar ajudar a manter a prova no calendário

Às vésperas do início da temporada 2015 da F1, segue o impasse sobre a realização do GP da Alemanha. A prova, marcada para o dia 19 de junho, ainda não tem sua praça definida.
 
Desde 2008, a sede da corrida germânica obedece a um esquema de revezamento entre os circuitos de Hockenheim e Nürburgring. Como a primeira recebeu o Mundial em 2014, a vez neste ano seria da segunda, mas o autódromo, que recentemente mudou de dono, alega que não tem dinheiro para bancar a corrida arcando com a alta taxa cobrada pela FOM (Formula One Management).
Toto Wolff disse que a Mercedes vai fazer o que puder para ajudar a manter Alemanha no calendário da F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
 
Chefe do time de Nico Rosberg e Lewis Hamilton, Toto Wolff ressaltou a importância da etapa para a Mercedes e, mesmo reconhecendo que se trata de um problema principalmente financeiro, admitiu que a fábrica alemã pode se envolver nas negociações.
 
“Não é da nossa alçada interferir nas conversas entre o promotor e o detentos dos direitos comerciais, mas, naquilo que pudermos, vamos tentar ajudar”, disse Wolff. “É um GP importante para nós”, concluiu.

#GALERIA(5232)

OUTRA CATEGORIA

A sexta-feira (27) foi o primeiro dia em que Jenson Button pôde realmente tirar impressões mais aprofundadas do novo carro da McLaren durante toda a pré-temporada. E agora o piloto inglês tem a certeza de que o caminho diferente seguido pelo time no projeto do MP4-30 é o mais correto e permitirá ao time, em algum momento ainda incerto no futuro, voltar a vencer. Pela 1ª vez livre dos problemas de confiabilidade, Button conheceu melhor o bólido e disse, ao ser perguntado pelo GRANDE PRÊMIO em Barcelona, que até parece se tratar de “outra categoria”.

UM POUCO DEMAIS

Mesmo satisfeito com o trabalho desta sexta, Valtteri reconheceu que ficou surpreso com o ritmo demonstrado pela Mercedes de Rosberg. “Me senti ok, mas estou um pouco surpreso com a velocidade da Mercedes”, admitiu. “É difícil saber exatamente o quão à frente eles estão, mas eles estão na frente, então acho que é o time a ser batido”, observou. Ainda assim, Bottas se mostrou confiante na boa forma do FW37 para o GP da Austrália, primeira prova da temporada 2015 da F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube