Wolff garante que rivalidade entre Rosberg e Hamilton pode ser controlada pelo time e diz: “São apenas parte da organização”

Toto Wolff afirmou que a Mercedes vai contornar os problemas que surgiram com a crescente rivalidade entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton. Segundo o austríaco, os pilotos são apenas dois membros do time

A rivalidade entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton não causa dor de cabeça a Toto Wolff. O chefe de equipe da Mercedes garantiu que a disputa entre os dois vai continuar e que tem a convicção de que o time pode controlar uma possível rivalidade envolvendo os pilotos.
 
O austríaco explicou que o ocorrido em Mônaco não deve se repetir, já que Rosberg e Hamilton são apenas duas peças da Mercedes.
 
“Eu tenho 110% de certeza que a Mercedes pode controlar esta situação. Eles são apenas uma parte de uma enorme organização”, disse.
 
Wolff declarou que não é simples controlar o ímpeto dos dois nas corridas, mas reafirmou que a batalha dentro das pistas é permitida.
 
“É um pouco estressante para o time lidar com esta situação durante as provas, mas eu não quero um campeonato decidido por ordens nossas”, falou.
Toto Wolff segue tranquilo com a rivalidade entre Hamilton e Rosberg (Foto: Getty Images)
O chefe da Mercedes lembrou que a equipe deve vir na frente, mas afirmou que tanto Rosberg, quanto Hamilton, sabem desta condição.
 
“Nosso time vem em primeiro lugar, mas ambos sabem disto e entendem a nossa filosofia. Eles podem competir livremente nas pistas, só não podem esquecer da equipe”, finalizou.
 
Depois do período sem sequer falar com o companheiro de equipe em Mônaco, Hamilton fez uma postagem em seu Twitter garantindo que a amizade com Rosberg ainda era a mesma.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube