Zerado, Alonso cita recuperação da Red Bull em 2014 como exemplo e se diz “otimista” com reação da McLaren

Ainda sem pontuar na temporada 2015, Fernando Alonso voltou a se dizer otimista com as perspectivas para o futuro da McLaren. Asturiano citou a reação da Red Bull no ano passado como exemplo para sua confiança

Fernando Alonso ainda não conseguiu pontuar na temporada 2015 da F1, mas insiste que a ausência constante no top-10 não abala sua confiança no projeto da McLaren. O time de Woking retomou sua parceria com a Honda neste ano e agora usa os motores V6 turbo japoneses.
 
Apesar do histórico vitorioso dessa parceria, 2015 não tem visto os mesmos resultados. Alonso, além de não pontuar, abandonou as últimas três provas. Jenson Button, por sua vez, disputou apenas seis das sete etapas desta temporada, tem dois abandonos e conquistou um oitavo lugar em Monte Carlo.
Alonso voltou a se dizer otimista com as chances de recuperação da McLaren (Foto: AP)
 Mesmo assim, Fernando garante que segue otimista e acredita que a McLaren logo terá um carro que lhe permita brigar por resultados melhores.
 
“Vai ser difícil, sim, sem dúvida”, reconheceu. “A Red Bull venceu três corridas ano passado com um déficit e com uma pré-temporada que foi bem terrível. Eles se recuperaram até que rapidamente, então estou positivo e otimista de que vamos atingir um grande nível este ano”, seguiu.
 
“Não sei se será um pódio ou não, mas para bater a Mercedes você precisa fazer algo extremo e nós estamos tendo uma abordagem extrema com a Honda”, frisou. “Está levando tempo, mas estou otimista”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube